Pirelli rejeita pressão externa e garante que mudança nos pneus não mexe na luta pelo título

Em entrevista ao site da revista inglesa ‘Autosport’, Paul Hembery garantiu que as mudanças nas especificações dos pneus não são injustas e que não vão alterar o rumo da disputa pelo título de 2013

Muito criticada depois da decisão de alterar as especificações dos pneus, a Pirelli tenta minimizar os rumores de que a mudança é injusta com algumas equipes do grid e que, invariavelmente, vai causar danos na disputa do campeonato.

Na sequência das queixas da Red Bull, especialmente, a fabricante italiana anunciou no início desta semana a alteração nos compostos a partir da etapa de Montreal, que acontece no dia 9 de junho. A justificativa dada pela fornecedora é que, com a mudança, o número de pit-stops por corrida será menor, ao contrário do aconteceu na Espanha, onde vários competidores tiveram de parar quatro vezes.

Hembery afirma que briga pelo campeonato continuará igual mesmo com pneus diferentes (Foto: Pirelli/ Lorenzo Bellanca/ LAT Photographic)

Embora a Pirelli ainda esteja trabalhando na finalização das mudanças planejadas, a decisão de mudar gerou muitas reclamações, sobretudo da Lotus, que parece ser a equipe que melhor lida com os atuais compostos no grid.

Em entrevista ao site da revista 'Autosport' nesta sexta-feira (17), Paul Hembery, diretor de competições da marca de Milão, disse estar ciente das preocupações das equipes com relação às alterações, mas garantiu que a fabricante vai promover apenas pequenas mudanças, e que isso não afetará a disputa pelo título.

"É até divertido ver que algumas pessoas sugeriram que essas mudanças vão afetar o rumo do campeonato", disse Hembery à publicação britânica. "Isso não vai acontecer. Vamos esperar e ver exatamente qual será o verdadeiro impacto, mas estamos fazendo de tudo para minimizar aquilo que poderá ser diferente", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube