F1

Pirelli revela que pré-temporada em Barcelona vai ter sistema exclusivo de identificação de pneus

A Pirelli, fornecedora única de pneus na F1, diminuiu para 2019 a quantidade de pneus em termos de identificação. E, para a pré-temporada em Barcelona, mudará o novo padrão, para facilitar o entendimento do fã que não acompanha a categoria constantemente

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Em outubro de 2018, a Pirelli anunciou que simplificaria o sistema de identificação de pneus da F1 para a nova temporada. De sete cores e nomenclaturas, o sistema passaria a ter três - duro, médio e macio, com as cores branco, amarelo e vermelho, respectivamente.

Mas isso ocorrerá só no começo oficial da temporada 2019. Nos testes de fevereiro, em Barcelona, haverá uma condição exclusiva.

Segundo a fornecedora de pneus da F1, serão cinco identificações, já que há a possibilidade de todos os tipos de pneus estarem na pista ao mesmo tempo durante os testes.

Serão eles: C1, o mais macio, com o logotipo da empresa em cor branca; C2, ainda macio, branco e com um contorno circular; C3, o médio, será amarelo; C4, o duro, vermelho; e o C5, o mais duro e veloz, será sem o contorno circular.
Todos os compostos de pneus da Pirelli em 2018 (Foto: Pirelli)
Em 2018 a Pirelli trabalhou com sete compostos de cores e nomes diferentes, incluindo ultra, hiper e super. O objetivo é facilitar o entendimento do fã, principalmente daquele que não acompanha a categoria assiduamente.

Os testes de pré-temporada começam no dia 18 de fevereiro na Catalunha. A primeira parte vai até o dia 21. Em seguida, os carros voltam à pista para novos treinos entre 26 de fevereiro e 1° de março.