Pirelli segue Mercedes e se diz ansiosa por chance de se explicar no Tribunal Internacional

No Canadá, Paul Hembery, diretor-esportivo da Pirelli, se disse ansioso pela chance de poder explicar o caso do teste com a Mercedes no Tribunal Internacional da FIA (Federação Internacional de Automobilismo)

A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
As imagens da sexta-feira da F1 em Montreal
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Em meio a polêmica sobre o teste realizado com a Mercedes no circuito de Barcelona, Paul Hembery, diretor-esportivo da Pirelli, foi aconselhado pelos advogados da fábrica italiana a não comparecer em uma entrevista coletiva agendada para esta sexta-feira (7), no Canadá. Mesmo ausente no compromisso da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), o dirigente não deixou de comentar o caso e comemorou a chance de poder se explicar perante o Tribunal Internacional.
Hembery afirmou que Pirelli poderá explicar seu ponto de vista no Tribunal Internacional (Foto: Andrew Ferraro/LAT Photographic)
Na noite da última quarta-feira, a FIA anunciou que o Tribunal Internacional será o responsável por julgar se houve quebra do regulamento da F1, já que a Mercedes usou o carro de 2013 e completou 1000 km com o bólido na pista catalã. 
 
Aconselhado pelos advogados da Pirelli, Hembery não podia comentar detalhes do caso do teste com a Mercedes, mas afirmou que a fábrica italiana está ansiosa pela chance de se explicar perante o Tribunal Internacional.
 
“É claro que estamos”, afirmou. “Queremos ser capazes de demonstrar nosso ponto de vista”, continuou o dirigente.
 
“Não é legal ouvir às vezes coisas que você sabe que são muito longe da verdade e acho que quando você é alguém calado, as pessoas podem usar sua imaginação”, comentou. “Mas o objetivo do Tribunal é olhar as informações e os dados. Tem muito do contexto que precisa ser levado em conta”, apontou. 
 
“A discussão excessiva sobre os pneus não é uma coisa que gostaríamos de ver e vamos esperar o Tribunal”, declarou. “Mas têm muitos pontos que precisam ser discutidos como esporte, porque nós temos um ponto de vista – e não é o momento de falar a respeito – que esbarra em áreas que claramente tem um impacto em nosso negócio.”
 
“[O julgamento] não é só sobre tomar uma decisão imediatamente. É sobre fazer as coisas de forma diferente no futuro. É isso que está faltando e isso é o que nós vamos ver”, concluiu o dirigente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube