F1

Pivô da confusão na largada no Bahrein, Bottas admite culpa por toque e lamenta prejuízo de Hamilton: “Uma pena”

Valtteri Bottas não se escondeu da culpa pela batida que provocou logo após a largada do GP do Bahrein deste domingo (3). Valtteri admitiu que não conseguiu frear a tempo e acabou atrapalhando o dia do tricampeão mundial Lewis Hamilton

Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

Os primeiros metros do GP do Bahrein deste domingo (3) pareciam muitíssimo promissores para Valtteri Bottas e a Williams. Mas o finlandês acabou colocando os pés pelas mãos e acertando Lewis Hamilton para danificar a Mercedes do atual campeão. Bottas também teve sua corrida atrapalhada e não se eximiu da culpa pelo incidente.
 
A batida aconteceu logo depois da reta, quando Valtteri consolidara a terceira colocação e se movimentava para brigar pela segunda. Forçou demais e tocou Lewis, fazendo com que caísse para o nono lugar e danificando o assoalho do #44. Bottas acabou levando uma punição e teve de se contentar com a parte final do top-10.
O momento que praticamente definiu o GP do Bahrein: toque de Bottas em Hamilton, que deixou a vitória no colo de Rosberg (Foto: Getty Images)
Após a prova, em entrevista para a rede de TV inglesa Sky Sports, assumiu que errou e causou problemas maiores para Hamilton. 
 
"Quando que estava saindo da curva 1, no ponto que freei estava entrando na curva 2. Todo mundo pareceu estar muito apertado por dentro e foi tarde demais", disse. "Eu estava tentando frear o mais rápido possível. Recebi uma punição e estou certo de que ele perdeu alguns lugares por causa disso. É uma pena", seguiu.
 
Com o nono lugar, Bottas chegou aos seis pontos no campeonato e ocupa a 11ª colocação do Mundial de Pilotos. A F1 volta em duas semanas com o GP da China.
 
VEJA A EDIÇÃO #22 DO PADDOCK GP, COM PRÉVIAS DA F1, MOTOGP, INDY E F-E