Por briga com Haas, Renault ‘esquece’ carro de 2019 e mantém foco em atualizações para 2018

A Renault optou por comprometer o desenvolvimento do carro de 2019, mas é por um bom motivo. A equipe francesa quer desenvolver o modelo atual ao máximo para derrotar a Haas e ficar com o quarto lugar no Mundial de Construtores

A Renault não pretende descansar enquanto o quarto lugar no Mundial de Construtores não for assegurado. Nick Chester, chefe do departamento de chassi da equipe, revelou o plano de desenvolver o carro atual até o fim de 2018, e não mudar o foco para o modelo de 2019.
 
De acordo com Chester, o comprometimento com a temporada 2018 é fruto da ameaça representada pela Haas, 16 pontos atrás no Mundial de Construtores.
 
“A gente precisa desenvolver [o carro]”, disse Chester, entrevistado pelo ‘Motorsport.com’. “Já temos algumas coisas engatilhadas que serão aplicadas após as férias. Talvez na altura das corridas 15 ou 16 [GPs de Singapura e da Rússia] a gente possa rever isso, mas aí já vamos estar em processo de fim de temporada. Está muito acirrado. Um resultado como o da Áustria [bom para a Haas e ruim para a Renault] e você já acabou com a vantagem. Precisamos seguir em frente, extraindo ritmo do carro”, seguiu.
O carro da Renault não vai parar de ser desenvolvido (Foto: Renault)

A mudança de foco no meio da temporada é manobra comum entre equipes da F1. Os carros do ano vigente param de receber a atenção de antes, permitindo que o próximo seja desenvolvido melhor e mais rapidamente. Mesmo nesse cenário, Chester reconhece que o carro de 2019 pode se beneficiar do trabalho de 2018.

 
“Muito do nosso trabalho vai ser usado em 2019, de qualquer forma”, comentou. “Só depende das coisas que vamos encontrar. Provavelmente de agora em diante vamos fazer mais algumas atualizações e depois vão ser só peças pequenas que surjam do túnel de vento. Mas a gente sabe que vai precisar seguir [atualizando] o ano inteiro”, encerrou.
 
A próxima etapa da F1 em 2018 é o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps. A corrida acontece em 26 de agosto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube