F1

Por danos da batida na Austrália, Renault decide trocar chassi de Ricciardo para GP do Bahrein

Daniel Ricciardo cometeu um erro grave na largada do GP da Austrália, comprometeu a participação dele e ainda forçou a Renault e trocar todo o chassi para a etapa seguinte. O medo da Renault é que algum dano causado em Melbourne atrapalhe o rendimento em Sakhir

Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
O erro de Daniel Ricciardo na largada do GP da Austrália, que sacrificou o dia dele na abertura da temporada e ainda custou a primeira bronca pela nova equipe, segue causando desdobramentos. Os estragos foram tamanhos que o australiano terá de receber um novo chassi para o GP do Bahrein.
 
Ricciardo tentou assumir a parte de dentro da curva um ainda no meio da reta dos boxes. O impacto de bater passar pelo gramado do Albert Park castigou o assoalho e fez a Renault quicar violentamente. O piloto precisou ir aos boxes, mas voltou sem qualquer ritmo. Na volta 28, abandonou.
 
A Renault trabalhou na recuperação do chassi ao longo das últimas duas semanas, mas, no fim das contas, ficou com medo de que algum dano pudesse aparecer e atrapalhar a corrida de Ricciardo em Sakhir. Desta forma, é possível começar do zero e ter uma chance real de marcar os primeiros pontos pela escuderia francesa.
Daniel Ricciardo (Foto: AFP)
Além dessa mudança total, a Renault também vai atualizar um conceito da asa traseira. A intenção é desfazer o déficit de potência que acabou custando posições no grid de largada, uma vez que Ricciardo e Nico Hülkenberg não conseguiram avançar ao Q3.
 
O endplate da asa traseira agora está mais curvada na comparação com um desenho mais reto visto na Austrália. Essa observação foi feita pelo site francês 'Motorsport.com' por meio do especialista técnico Giorgio Piola. 
 
O GP do Bahrein acontece neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades EM TEMPO REAL. O TL1 começa às 8h (de Brasília) desta sexta-feira, 29 de março.