Por diferenciação, segunda corrida na Áustria em julho recebe nome de GP da Estíria

Segundo informa o site espanhol ‘Soy Motor’, a corrida que a Fórmula 1 planeja para 12 de julho vai levar o nome do estado federado austríaco onde está localizada a cidade de Spielberg, que abriga o circuito Red Bull Ring

Em um ano tão incomum em 2020, sobretudo em razão da pandemia do novo coronavírus, muita coisa seguramente vai ser diferente e nova na Fórmula 1. A começar pelo início mais tardio de campeonato da história que, segundo previsão do Liberty Media, deve mesmo ficar para 5 de julho. A programação traçada pela empresa dona da categoria é que o calendário tenha duas corridas em finais de semana seguidos na Áustria no mês que vem e, em agosto, outras duas provas consecutivas em Silverstone. Por algum tempo, desde que tal possibilidade foi aventada, ficou a curiosidade sobre como seria chamada essa segunda corrida: GP da Áustria 2? Segundo o site espanhol ‘Soy Motor’, já se sabe que a prova de 12 de julho no Red Bull Ring vai levar o nome de GP da Estíria.

Estíria é um dos nove estados federados austríacos e fica localizada no sudeste do país. A divisão administrativa, que tem nas cores da sua bandeira o branco e o verde, tem um total de 1.260.546 habitantes — segundo informações do governo local — é dividida em 13 distritos e tem como capital a cidade de Graz. Spielberg, onde está sediado o Red Bull Ring, faz parte do distrito de Murtal.

O Red Bull Ring vai receber o GP da Estíria em 12 de julho (Foto: Divulgação)

A nomenclatura de um GP de Fórmula 1 relacionada a um estado é incomum. Desde que passou a fazer parte do calendário, em 2009, o GP de Abu Dhabi se diferencia no nome do seu país-sede, os Emirados Árabes Unidos. Abu Dhabi é a capital do país e o maior de todos os emirados. Outra cidade que emprestou seu nome para a alcunha oficial de uma corrida da F1 foi Pescara, na Itália, em 1957.

A medida é mais comum, por exemplo, na MotoGP. Com quatro corridas na Espanha, a categoria menciona estados em três dos quatro eventos locais, como nos GPs da Comunidade Valenciana, da Catalunha e de Aragão.

E como o assunto é novidade, a intenção do Liberty Media é que o GP da Estíria seja o primeiro em que a Fórmula 1 possa testar um novo formato de fim de semana de competição.

Segundo a proposta, levada para uma reunião que envolveu também a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e membros das dez equipes do grid, a classificação de sábado seria feita em formato de uma corrida com duração de 30 minutos, com alinhamento inicial invertido em relação à classificação do campeonato. A ordem desta prova é a que definiria o grid da disputa de domingo.

Para ser colocada em prática, a proposta precisa ser aprovada por unanimidade, mas, segundo o site inglês ‘Race Fans’, a Mercedes e a Racing Point já se posicionaram contra a ideia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube