Por foco no título, consultor da Red Bull se diz sem pressa para negociar renovação com Pérez

Helmut Marko, consultor da Red Bull, reiterou foco total na disputa pelo título e definiu férias de verão, em agosto, como prazo inicial para iniciar tratativas de definir a permanência de Sergio Pérez na equipe em 2022

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Em meio à disputa ferrenha com a Mercedes pelo título do Mundial de Fórmula 1 em 2021, a Red Bull já encara uma grande decisão para o futuro: quem será o companheiro de equipe de Max Verstappen em 2022? Com o contrato de Sergio Pérez, atual companheiro de Max na equipe, em vigor apenas até o fim da atual temporada, Helmut Marko, consultor da equipe, definiu que só pensará no assunto a partir das férias de verão, marcadas para agosto, mantendo assim o foco total na disputa que se desenha nas pistas nesta temporada.

Em entrevista veiculada pelo site alemão Formel1.de, o dirigente de 78 anos, deixou claro que não quer saber de distrações neste momento em que há uma chance real de a equipe dos energéticos vencer o Mundial de Pilotos e Construtores após sete anos de amplo domínio da Mercedes. Na visão do austríaco, pouco importa, no momento, saber quem vai estar ao lado de Verstappen nos boxes taurinos em 2022.

“Nós começaremos a conversar sobre isso no verão, pelo menos. Somos muito visados no mercado de pilotos. Eu não creio que um piloto vá entrar em negociações ou acordo com outra equipe antes de tentar um acordo conosco”, disse.

“Agora estamos totalmente focados no Mundial e não vemos problemas aqui sobre quem será o companheiro de equipe de Max Verstappen no próximo ano. Certamente será um piloto competitivo. Mas ainda há tempo”, afirmou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sergio Pérez terminou o GP de Mônaco na quarta posição, após largar da nona colocação. (Foto: Red Bull Pool Content/ Getty Images)

Pérez, que no último ano deixou a Racing Point e assinou até o fim de 2021 com os taurinos, segue ainda buscando o ritmo ideal na nova casa. Nas cinco primeiras corridas pela Red Bull, o piloto de 31 anos ainda não foi ao pódio, mas mostrou bom ritmo de corrida. Fato este que é reconhecido por Marko que, por outro lado, não esconde que vê Pérez com um ritmo “muito fraco em classificação até aqui”, quesito esse que o consultor deseja que seja melhorado pelo mexicano.

“Vamos começar com o lado positivo, que é o ritmo de corrida. É muito bom, às vezes no mesmo nível do Max. Ele provou isso em Monte Carlo, onde fomos para um overcut [ganhar posições em meio à janela de pit-stops]. Foram três ou quatro voltas que ele anotou as voltas mais rápidas no geral, com pneus desgastados. Então, o ritmo estava ali. A área que ainda está devendo é na classificação. Precisamos ver uma melhora”, analisou.

Ainda sobre a disputada vaga de segundo piloto da Red Bull, Marko esmiuçou a situação de Pierre Gasly, hoje na AlphaTauri, que tem seu retorno à equipe principal sempre ventilado nos bastidores. Marko, por sua vez, reiterou que ainda não pensa no assunto e que abordará o assunto a partir das férias de verão da categoria.

“Se estou certo, o contrato do Gasly ainda tem dois anos. É um acordo que nos deixa colocá-lo tanto na Red Bull quanto na AlphaTauri. O mesmo se aplica nesse caso: não estamos pensando sobre os pilotos de 2022 no momento. Vamos pensar durante as férias de verão e então tomaremos nossa decisão”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar