Por longevidade na F1, organização do GP da Rússia contrata ex-chefe da pista de Abu Dhabi

Responsável por levar algumas das principais categorias do mundo ao circuito de Yas Marina, Richard Cregan fechou um contrato de três anos com os organizadores do GP da Rússia, em Sochi

Nós últimos anos, diversas pistas estrearam no calendário da F1, mas acabaram abandonadas após apenas duas ou três temporadas. Para não ter o mesmo fim que os GPs da Turquia, Índia e Coreia do Sul, os promotores da etapa da Rússia anunciaram nesta quinta-feira (26) a contratação do responsável pelo circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, Richard Cregan.

Além de ter transformado a corrida da Yas Marina no encerramento da temporada da F1, o britânico ainda conseguiu fazer o autódromo do Oriente Médio ser usado durante boa parte do ano por categorias locais, além de treinos da F1, GP2, GP3 e etapas de campeonatos como a V8 Supercars, da Austrália.

Sergey Sirotkin guia carro da Sauber em Sochi (Foto: Sauber)

Por causa do destaque de Abu Dhabi no cenário mundial, o promotor do GP da Rússia, Oleg Zabara, exaltou a chegada de Cregan e disse que está confiante em fazer um evento de sucesso. “A combinação de impressionante experiência que nossos consultores internacionais têm com o entendimento do mundo da F1 e o desejo de fazer o GP da Rússia no mais alto nível é garantia de bons resultados de nosso trabalho”, disse.

“O conhecimento e a experiência que vamos obter com essa cooperação serão o suficiente para garantir não só um GP que corresponda às expectativas, mas também um uso efetivo do autódromo de Sochi durante todo o ano”, acrescentou o dirigente, apontando a necessidade de a pista não ser usada apenas para a F1.

Cregan, por sua vez, afirmou que continua como consultor de Abu Dhabi, mas também está animado para tornar o circuito russo uma das referências mundiais no esporte a motor.

“Ir embora de Abu Dhabi foi uma decisão difícil para mim, mas eu sempre gostei de novos desafios e continuo como consultor de lá. Estou convencido que o GP da Rússia vai se tornar um evento icônico no calendário da F1 e nós vamos poder construir um negócio de muito sucesso usando todos os recursos incríveis e a paixão de Sochi”, encerrou.

O GP da Rússia está marcado para o dia 12 de outubro de 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube