F1

Por menores custos no regulamento de 2021, FIA lança licitações para peças padrões da Fórmula 1

Federação Internacional de Automobilismo (FIA) abriu licitações para peças padrão da Fórmula 1 no novo regulamento, que será aplicado em 2021. Medida foi tomada visando menores custos para as equipes

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Na busca pela redução de custos para as equipes da Fórmula 1 no novo regulamento, que valerá a partir de 2021, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) lançou licitações para fornecimento de peças padrão como aros de roda e sistema de freio.
 
A FIA iniciou as licitações para novas peças com as caixas de câmbio, processo encerrado em março. O concurso para as outras peças está aberto até o dia 22 de maio, e o resultado prometido para 14 de junho. Até o momento, nenhuma fornecedora demonstrou interesse.
 
"A licitação para caixa de câmbio foi a primeira a ser lançada, em fevereiro. Tivemos as aplicações e agora estamos na fase de reportar para o Conselho Mundial de Esporte a Motor. As outras três estão próximas da data-limite e as aplicações não vieram ainda, vamos ver o que acontece", disse Nikolas Tombazis, diretor-técnico de monopostos da FIA.
A largada do GP da Espanha (Foto: AFP)
"Teremos mais algumas licitações a serem lançadas nas próximas semanas e meses, com peças menores. Estamos discutindo com os times nos últimos meses, e apresentaremos novas coisas em junho, está perto. "As equipes saberão bem antes de 2021 o que precisam fazer, o que precisam comprar. Assim, poderão fazer seus planos com bastante precisão", completou.
 
Tombazis também comentou sobre os casos em que a licitação for lançada, mas a FIA não opta por premiar a fornecedora com o contrato.
 
"Nas regras, haverá fornecimento para certas coisas sejam padrão, e também teremos fornecimentos exatos para o que acontecerá caso a peça padrão não for bem sucedida...e o que acontece com as peças, como conseguimos redução de custos em caso de falha. Isso pode acontecer porque ninguém vence a licitação, ou porque alguém fornece e sai depois de dois anos, caso nos deparamos com esta situação”, finalizou.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.