F1

Por “página que dê orgulho na Wikipédia”, Ricciardo explica mudança e desejo de aventura na Renault

O objetivo de Daniel Ricciardo ao se mudar para a Renault após anos de Red Bull é claro: ser campeão mundial de F1. É o que ele conta em carta ao 'Players' Tribune', citando uma curiosidade: quer que sua página na Wikipédia tenha esse destaque quando for velho e quiser se lembrar dos bons tempos
Warm Up / FELIPE NORONHA, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)


Daniel Ricciardo anunciou que vai ser piloto da Renault a partir de 2019 no último mês de agosto. E sua despedida oficial da Red Bull acontece no próximo domingo (25), no GP de Abu Dhabi. 

E para marcar a mudança de capítulo, o australiano escreveu longa carta ao 'Players' Tribune', contando memória desde sua infância. Em um dos trechos, o destaque é a ida para a equipe francesa — e ele dá motivos curiosos para a alteração de rumo na carreira.

O piloto abre a parte final da carta mostrando o que espera da corrida nos Emirados Árabes Unidos: "Cada volta que der no carro vai significar uma volta mais perto da minha última com o uniforme da Red Bull. E, quando sair pela última vez em Abu Dhabi, acho que vou chorar um pouco. Talvez, algumas vezes. Então, o inverno vai chegar, vou conhecer meus novos amigos da Renault e vou começar de novo."
Daniel Ricciardo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Em seguida, parte para suas expectativas na nova equipe, e cita que precisa se orgulhar, no futuro, do que fez agora: "Quando estiver velho e grisalho e estiver percorrendo minha página da Wikipédia tentando me sentir jovem, quero que ela diga algumas coisas. Primeiro de tudo, quero que diga que ganhei pelo menos um campeonato na F1. Eu preciso de um, certo?".

"Em segundo lugar, deve haver uma seção sobre o texugo de mel. Eu sinto que isso é merecido", seguiu, lembrando o símbolo que carrega no capacete.

"E, terceiro, espero que diga que mudei o esporte de alguma forma, que me diverti, que pilotei de forma dura e justa, que deixei a minha marca. Espero que haja crianças ao redor do mundo assistindo todos os finais de semana sabendo que você pode se divertir, que você pode ser durão e, ainda assim, ser muito bom no que faz", finalizou Ricciardo.
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Além disso afirma que, no momento da decisão de trocar a Red Bull pela Renault, levou em conta o fator "aventura": "Espero que minha próxima seja tão divertida quanto a primeira".

Ricciardo será companheiro de Nico Hülkenberg a partir de 2019 na Renault. Até o momento, ele tem 29 pódios, com sete vitórias, em oito temporadas na F1. O alemão, futuro parceiro de equipe, tem zero pódio.