F1

Por que Leclerc passou Vettel? “Na primeira corrida, ninguém me via na briga pelo título. Na segunda, sim”

Charles Leclerc comentou sobre a ultrapassagem feita em cima de Sebastian Vettel durante o GP do Bahrein. O monegasco afirmou que tentou a posição por ter um ritmo melhor, e que pelo desempenho na prova as pessoas começaram a colocá-lo na briga pelo título

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Charles Leclerc decidiu explicar o motivo de ter ultrapassado Sebastian Vettel durante o GP do Bahrein de Fórmula 1. O monegasco afirmou que, apesar da Ferrari ter pedido para se manter na posição, decidiu ignorar por ter uma grande vantagem no ritmo.
 
No começo da temporada, o jovem piloto aparecia mais veloz que o alemão na Austrália, mas chegou a pedir permissão para a esquadra de Maranello para poder ultrapassá-lo. Ao ouvir um sonoro não, manteve a colocação.
 
Entretanto, na corrida seguinte, decidiu não acatar a ordem do time, e até mesmo chegou perto de vencer a disputa caso não fosse um problema em seu motor. Então, Charles explicou o motivo de ter ido atrás da colocação. “Como mostrei na Austrália, o interesse da equipe é extremamente importante”, falou.
Charles Leclerc e Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
“Mas nesta situação particular, acredito que tinha grande vantagem de ritmo na corrida, e tive a oportunidade na reta, não me vi ficando atrás. Aceitei a oportunidade. Era uma ultrapassagem segura e fui para ela”, continuou.

“Creio que tínhamos bom ritmo durante todo o final de semana. Estava muito confiante com o carro, me sentia bem com o carro. Seb estava um pouco menos. Então me foquei na corrida. Tive a oportunidade na volta seis e fui para ela”, ressaltou.
 
Leclerc ainda indicou como seu desempenho no Bahrein fez com que o colocassem na briga pelo título. “Após a primeira corrida, ninguém me via como postulante ao título. Após a segunda corrida, todos me viam na briga pelo título. Então as coisas mudam rapidamente na Fórmula 1”, pontuou.
 
“Preciso focar no que faço com o carro, tentar trabalhar o máximo possível e fazer o melhor trabalho no carro e fora dele, e então tenho certeza que os resultados vão chegar. E então veremos. Estamos apenas na terceira corrida do ano, é muito cedo. Vamos ver como nos saímos nas próximas corridas. Mas espero manter a boa fase do Bahrein”, concluiu.
 


 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.