Por que Mercedes ainda não anunciou companheiro de Hamilton para 2022?

Toto Wolff, chefe da Mercedes, revelou os motivos que atrasam a confirmação de quem será o companheiro de equipe de Lewis Hamilton em 2022

Assista aos melhores momentos do GP da Bélgica deste domingo (Vìdeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

É verdade que Toto Wolff, chefe da Mercedes, admitiu que já tem claro na mente quem será o companheiro de Lewis Hamilton em 2022. Dito isso, o austríaco não revelou quem foi escolhido entre Valtteri Bottas e George Russell. Após o peculiar GP da Bélgica, o dirigente confirmou que aguarda ambos os pilotos acertarem os respectivos futuros para anunciar de maneira oficial quem irá ser o companheiro de Lewis Hamilton na Mercedes no próximo ano.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Indagado pela revista alemã Autosport se um dos motivos que atrasam o anúncio oficial era a preocupação com o futuro dos pilotos, o dirigente confirmou com um breve “sim”, e elencou os motivos que o impedem de revelar a decisão. “Temos algumas partes interessadas envolvidas nisso que precisamos respeitar. Não faz sentido realizar o anúncio antes do contrato ser assinado. Não é apenas uma decisão nossa, existem outras partes envolvidas e devemos lidar com a situação com respeito e diligência, sempre”, afirmou Wolff.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GEORGE RUSSELL; WILLIAMS; PÓDIO; GP DA BÉLGICA;
George Russell foi ao pódio e deixou Spa Francorchamps em alta (Foto: Williams)

No momento, os postulantes à vaga vivem momentos distintos na carreira. Russell vive um momento de êxtase: após a brilhante classificação que rendeu o segundo lugar no grid, a corrida de apenas duas voltas em Spa-Francorchamps rendeu o segundo lugar e o primeiro pódio da carreira, na melhor posição de chegada da Williams desde 2014.

Do outro lado, Bottas, que está na Mercedes desde 2017, vive uma temporada de resultados aquém do esperado. Com a pole-position do GP de Portugal como grande resultado do ano até aqui, nas corridas o nórdico não passou da segunda posição no GP da Áustria, e deixou o circuito belga sem pontos. Bottas acabou a prova em 12º, após ter se classificado apenas em oitavo e ser punido pelo strike protagonizado na largada do GP da Hungria.

Em se tratando de futuro, 2022 segue incerto para ambos os pilotos. Jost Capito, chefe da Williams, já afirmou que vê a equipe de mãos atadas, na espera pela definição da Mercedes contratar, ou não, Russell. Já Bottas, segundo informações apuradas pelo GRANDE PRÊMIO, tem a possibilidade real de defender as cores da Alfa Romeo na próxima temporada, a primeira sob o novo regulamento técnico da categoria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar