F1

Por “razões de segurança”, Sauber decide retirar Hülkenberg do grid do GP da Austrália

Um problema na bomba de gasolina do C32 obrigou a Sauber a tirar Nico Hülkenberg do grid do GP da Austrália, que vai ser disputado logo mais, em Melbourne. A estreia do alemão pela escuderia de Hinwil foi adiada para o GP da Malásia, na semana que vem
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Nico Hülkenberg foi o segundo mais rápido do dia (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

A estreia de Nico Hülkenberg em corridas pela Sauber terá de esperar, pelo menos, mais uma semana. Faltando cerca de meia hora para a largada do GP da Austrália, neste domingo (17), a Sauber alegou “razões de segurança” para sacar o alemão do grid de largada em Albert Park.

Ocorre que a célula de gasolina do seu C32 apresentou problema e não houve tempo hábil para executar o reparo. Assim, o piloto, que largaria na 11ª posição em Melbourne logo mais, só vai fazer sua estreia na escuderia suíça na semana que vem, no GP da Malásia, em Sepang.

A célula de combustível, feita em kevlar, apresentou uma perfuração. Desde quando o problema foi detectado, logo após a classificação, a Sauber procurou meios de trocar a peça. Entretanto, não houve tempo para realizar a mudança e, como o piloto não poderia largar com um equipamento em condições tão inseguras, a escuderia suíça decidiu sacar Hülkenberg do grid da primeira corrida da temporada.

Nico Hülkenberg só vai poder estrear em corrida pela Sauber em Sepang, na semana que vem (Foto: Getty Images)