Prefeito de Ímola se reúne com Ecclestone em Londres com intenção de receber GP da Itália em 2017, diz site

Ainda sem a renovação do contrato com Monza, Bernie Ecclestone recebeu nesta segunda-feira em Londres a visita do prefeito de Ímola para discutir uma eventual mudança de palco do GP da Itália

Ímola tem interesse em abrigar novamente a F1. Com esta finalidade, o prefeito da pequena cidade italiana, acompanhada de um diretor do circuito, se reuniu com Bernie Ecclestone em Londres nesta segunda-feira (15). A informação foi revelada pelo site 'Motorsport.com'.

A ideia é transferir o GP da Itália para Ímola em 2017, já que o contrato com o circuito mais tradicional da F1, Monza, expira em 2016 e ainda não foi renovado. Os promotores locais não conseguiram atender às exigências financeiras de Ecclestone.

O prefeito Daniele Manca admitiu que há fatores a serem resolvidos ainda, especialmente a questão financeira, como a taxa que é cobrada pela FOM aos promotores locais. Mas a política relatou que há um plano de reestruração e de investimento pronto para os próximos anos.

Ímola tem interesse em abrigar o GP da Itália a partir de 2017 (Foto: Facebook)

"Apresentamos o nosso plano para relançar o circuito, mostrar os investimentos que fizemos e os quais planejamos fazer nos próximos anos com a nossa infraestrutura. Bernie nos disse que nunca quis sair de Ímola, e deve se lembrar que Enzo Ferrari pediu para que ele organizasse um GP no nosso circuito na primeira vez", afirmou. "Há problemas para resolver, um fator é obviamente o econômico. Mas Ecclestone concordou em checar o cronograma e as condições dentro das quais seria possível levar a F1 de volta a Ímola. A meta é 2017."

 
A última passagem da F1 por Ímola aconteceu em 2006, já há dez temporadas. O circuito, batizado de Enzo e Dino Ferrari, abrigou a única edição do GP da Itália que não foi realizada em Monza, em 1980. As outras 26 provas lá realizadas eram conhecidas como GP de San Marino.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube