Presidente da Ferrari cobra e espera ver Vettel “mais calmo e menos emocional” em 2018: “Ele aprendeu com os erros”

Presidente da Ferrari, Sergio Marchionne elogiou Sebastian Vettel e disse que o alemão aprendeu com seus erros em 2017. O dirigente ainda disse que espera ver um Vettel menos emocional e mais calmo na temporada 2018

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de culpar Sebastian Vettel pela derrota da Ferrari em 2017, o presidente da icônica marca italiana, Sergio Marchionne, disse que espera ver um Vettel mais calmo na próxima temporada. O dirigente afirmou ainda que o alemão agora aprendeu a controlar "seu lado mais emocional".

 
O tetracampeão se colocou forte na briga pelo título contra Lewis Hamilton neste ano. Vettel liderou a primeira parte do campeonato, mas viu uma arrancada do rival da segunda metade da temporada e ainda teve de amargar dois abandonos nesse tempo, enquanto Lewis somou pontos em todas as etapas. O ápice da rivalidade entre os dois aconteceu em Baku, no Azerbaijão, quando Seb se irritou com o inglês durante uma relargada, o acusando de 'break-test'. O ferrarista chegou a bater duas vezes na Mercedes do britânico e acabou punido daquela prova.
Sergio Marchionne espera ver um Vettel mais calmo em 2018 (Foto: Ferrari)
Ao analisar o desempenho do #5, Marchionne acredita que o piloto, que acabou de renovar contrato com a Ferrari para mais três anos, aprendeu com os erros. "Sebastian Vettel está bastante comprometido e acho que agora vamos ver menos de seu lado emocional. Penso que ele aprendeu o suficiente neste ano", afirmou o presidente ferrarista, durante o discurso de Natal da fabricante italiana.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Além disso, houve muitas oportunidades para ele ficar irritado neste ano, ele vive algumas situações muito difíceis também", completou o dirigente, acrescentando uma dose de cobrança em seguida. "Mas acho que demos a ele um grande carro em 2017 e então, daqui para frente, a responsabilidade é dele", emendou.
 
Por fim, Marchionne teceu elogios a Kimi Räikkönen e ao chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene. "Acho que Kimi é realmente ótimo, verdadeiramente talentoso e nunca duvidei de suas habilidades. Já Maurizio fez um trabalho incrível com os pilotos, porque não é uma tarefa fácil", concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube