F1

Presidente da Ferrari cogita parceria entre Haas e Maserati e admite chance de levar Alfa Romeo à Indy

Presidente da Ferrari, Sergio Marchione afirmou que ao invés de uma entrada na Fórmula E, seria interessante fazer uma parceria entre Haas e Maserati. Ainda, dirigente admitiu que levar a Alfa Romeo para a Indy é uma possibilidade
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Alfa Romeo Sauber (Foto: Sauber)

Presidente da Ferrari, Sergio Marchionne deu algumas pistas do que pensa para o futuro das marcas do grupo Fiat Chrysler. O dirigente sugeriu uma nova parceria na F1 e falou até em uma entrada na Indy.
 
Participando do Salão do Automóvel de Detroit, Marchionne foi questionado sobre a possibilidade de uma entrada da Maserati na Fórmula E, mas avaliou que seria mais interessante uma parceria com a Haas na F1. No fim do ano passado, a Alfa Romeo firmou um acordo com a Sauber.
Sergio Marchionne falou em levar a Alfa Romeo para a Indy (Foto: Ferrari)

“Não tenho tanta certeza. Em termos de uma possível cooperação, talvez seja melhor tentar organizar um projeto conjunto com a Haas na F1”, disse Marchionne. “Seria um bom projeto”, avaliou.
 
Além disso, Marchionne afirmou que o próximo passo para a Alfa Romeo seria a entrada na Indy, em parceria com a Dallara.
 
“Não temos muita experiência nas corridas na América, mas estamos falando sobre a Indy. Por que não?”, comentou. “Giampaolo Dallara é um excelente especialista e o melhor engenheiro na indústria do esporte a motor”, concluiu.
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018