Presidente da FIA, Todt diz que “Schumacher está muito bem amparado e continua lutando”

Jean Todt, ex-chefe de Michael Schumacher nos tempos de Ferrari, é uma das poucas figuras públicas que visita com frequência o heptacampeão mundial. No fim de semana do GP da França, o dirigente foi perguntado sobre o estado atual do alemão, mas se limitou a dizer poucas palavras

Michael Schumacher luta pela vida há quase cinco anos e meio, desde quando sofreu o grave acidente na estação de esqui em Méribel, nos Alpes Franceses. Desde então, sua condição clínica é mantida sob sigilo pela família, e apenas poucas pessoas têm acesso ao heptacampeão. Uma delas é seu ex-chefe nos tempos de Ferrari, Jean Todt, atualmente presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).
 
Naturalmente, Todt é constantemente perguntado sobre a atual condição de Schumacher. Não foi diferente em Paul Ricard, palco do GP da França de F1 do último domingo. Contudo, em resposta à emissora local ‘RMC Sport’, o dirigente francês se limitou a dizer poucas palavras.

Jean Todt costuma visitar o amigo Michael Schumacher (Foto: Reprodução/Twitter)

“É algo muito privado. Michael está muito bem amparado, vive com sua família, na sua casa, entre Genebra e Lausanne. Continua lutando. É a única coisa que posso dizer no dia de hoje”, disse.

 
Schumacher segue em tratamento intensivo em sua casa, localizada em Gland, no extremo oeste da Suíça e próxima à fronteira com a França.
 
Recentemente, a organização do GP de Abu Dhabi anunciou que vai promover o leilão de uma Ferrari F2002, carro com o qual Schumacher conquistou o pentacampeonato do Mundial de F1. A ação tem como objetivo angariar fundos para a fundação criada pela família Schumacher, que tem como nome ‘Keep Fighting’ [Continue Lutando, em tradução livre].
 
O objetivo dos organizadores é conseguir arrecadar cerca de € 5 milhões (R$ 21,8 milhões na cotação atual).
 

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube