Projetista da Red Bull, Newey compara e diz que estilo agressivo de Verstappen lembra campeão Mansell

O mago da aerodinâmica teve a chance de trabalhar com alguns dos mais talentosos e vencedores pilotos da F1. No começo dos anos 1990, a Williams projetada por Adrian Newey dominou o esporte com o ‘carro do outro planeta’ com o qual Nigel Mansell brilhou e foi campeão em 1992. Agora, o britânico enxerga em Max Verstappen semelhanças com o ‘Leão’

 

O que Max Verstappen e Nigel Mansell têm em comum? Os dois pilotos alcançaram o topo do pódio na F1 guiando carros projetados por Adrian Newey. O ‘Leão’, aliás, foi campeão mundial em 1992 graças ao domínio imposto pelo Williams FW14 empurrado pelo motor Renault, o famoso ‘carro do outro planeta’. No ano passado, Verstappen fez história ao se tornar o mais jovem vencedor da F1 guiando o RB12, outra obra que saiu das pranchetas de Newey.

 
Mas o mago da aerodinâmica acredita que as semelhanças entre Mansell e Verstappen vão além e se encontram no estilo de pilotagem bem peculiar. Na década de 1980 e também nos anos 1990, Mansell chamava a atenção pelo seu arrojo nas pistas. Não à toa, o britânico sofria muitas críticas. Isso até atingir o auge da carreira aos 39 anos, quando conquistou o título mundial.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Nigel Mansell fez história com a joia projetada por Adrian Newey para a Williams em 1992 (Foto: Williams)
Verstappen, embora tenha chegado ao grid da F1 bem mais jovem que Mansell, antes mesmo de completar 18 anos, tem imposto um estilo marcante que se traduz pelas grandes e arriscadas ultrapassagens, ganhando muitos fãs na mesma esteira em que recebe críticas dos mais conservadores e de muitos dos seus pares na F1.
 
Na visão de Newey, o estilo marcante de Verstappen nas pistas é muito parecido com o que viu do ‘Leão’ nos tempos áureos da F1. “Max foi uma grande descoberta, ainda que este tenha sido seu segundo ano na F1. Mas a forma como ele pilota lembra o estilo de Nigel Mansell”, comentou o aerodinamicista durante o Autosport International, evento promovido pela revista britânica na semana passada na Inglaterra.
Para Newey, Verstappen tem estilo e personalidade forte. Como Nigel Mansell (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
O engenheiro entende que Mansell era inconfundível em sua pilotagem, e o mesmo acontece nos dias de hoje com Verstappen. “A chave de Mansell é que sempre sabíamos que era ele quem estava no carro. Ele tinha um estilo de pilotagem quase metafórico. E é a mesma coisa com Max, e é incrível isso na TV”.
 
Newey destacou também a personalidade forte de Max, algo já visto em outras épocas com o ‘Leão’. “Verstappen é uma reminiscência de Nigel. É algo como ‘não vou deixar ninguém me encher, vou fazer minhas coisas e, se você não gosta, é problema seu’”, comparou.
 
ECCLESTONE FORA DA F1: DISCUSSÃO QUENTE NO PADDOCK GP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube