Quarto colocado, Massa comemora pista seca e diz que volta poderia ter sido “um pouquinho melhor”, mas “valeu a pena”

Felipe Massa não vai precisar repetir o tipo de prova que teve de fazer no Canadá, duas semanas atrás. Pelo menos não por causa da classificação. O piloto da Williams - que agradeceu aos céus o fato da pista de Spielberg secar - anotou o quarto lugar, atrás apenas das Mercedes e de Sebastian Vettel

A ressaca do Canadá, quando teve que se recuperar por boa parte da corrida por ter tido problemas e ter se classificado terrivelmente atrás, passou. Neste sábado (20), em Spielberg, Felipe Massa pode ter se preocupado com a chuva que bateu no traçado pela manhã, mas viu as condições melhorarem e marcou o quarto tempo atrás apenas das Mercedes e da Ferrari de Sebastian Vettel.
 
Durante muito tempo do treino não se sabia exatamente as posições reais, por conta da condição da pista, que ia secando e permitindo que os tempos despencassem. Massa colou 1min09s192 no Q3 e garantiu seu lugar na segunda fila.

#GALERIA(5356)
 
 "Pelo menos a pista secou. Nosso carro é melhor no seco que no molhado, hoje de manhã estava inguiável. Foi uma boa classificação. Estou feliz de estar logo ali, na briga, então sem dúvida foi uma boa volta. Poderia ter sido um pouquinho melhor, mas com a condição que estava, acho que valeu a pena", disse.

O companheiro de equipe de Massa, Valtteri Bottas, sai na sexta posição, ainda atrás do vencedor das 24 Horas de Le Mans, Nico Hülkenberg.

Massa está em sétimo no Mundial de Pilotos com 47 pontos, dez a menos que Bottas.

 
A largada para o GP da Áustria de F1 será dada às 9h (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL a partir das 8h40.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube