Queda de fibra ótica limita cobertura da F1 e compromete rádio de equipes em Ímola

Problema técnico na fibra ótica limitou a cobertura da Fórmula 1 em imagens. Equipes ficaram sem rádio e GPS. Acidente de Sergio Pérez e Esteban Ocon foi absolvido pela falha

Os melhores momentos dos treinos livres da F1 em Ímola (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

As equipes da Fórmula 1 foram surpreendidas na manhã desta sexta-feira durante os treinos livres do GP da Emília-Romanha. Uma falha no sistema de dados da categoria derrubou transmissão de imagens e de rádio. A categoria ainda conseguiu transmitir a primeira atividade do dia por satélite, mas em cobertura limitada.

Escuderias relataram que a falha no sistema também derrubou os dados de GPS no pit-wall, o que impossibilitou que engenheiros identificassem o tráfego e se comunicassem com seus respectivos pilotos. A F1 afirmou que o problema aconteceu por uma queda na linha de fibra ótica local.

“Todos tiveram problemas. Acho que foi comunicado rapidamente que o rádio de todos não estava funcionando. Todos sabiam que ninguém via nada, então até quem estava atrás dos carros sabia que o cara da frente não foi avisado, então isso ajudou um pouco. Mas mostrou o quão importante é ter esse tipo de comunicação”, disse Guenther Steiner, chefe da Haas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

ESTEBAN OCON; SERGIO PÉREZ; BANDEIRA VERMELHA; TREINO LIVRE 1; ÍMOLA;
Esteban Ocon e Sergio Pérez enfrentaram problemas no TL1 em Ímola, mas ninguém viu (Foto: F1/Twitter)

O problema de comunicação de rádio foi um dos motivos para o acidente entre Sergio Pérez e Esteban Ocon. O problema técnico também impediu a exibição de replays para entender a batida, absolvida pelos comissários que entenderam que a comunicação foi a maior culpada.

“Certamente foi um grande problema. Não sei se os mesmos times sofreram disso. Para nós, foi difícil, especialmente com o Charles. Não tinha jeito de falar com ele. É difícil porque você não pode avisá-lo dos carros atrás, então podem ter situações em que ele bloqueia outro carro de forma involuntária. É muito difícil para os pilotos saberem quem vem atrás”, reclamou Mattia Binotto, chefe da Ferrari.

O problema foi normalizado entre as duas atividades, e o treino livre 2 aconteceu sem maiores problemas de comunicação.

A Fórmula 1 volta à pista neste sábado com o treino livre 3, também com duração de 60 minutos, a partir de 6h (de Brasília), enquanto a definição do grid de largada, a classificação, acontece às 9h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube