Racing Point, McLaren e Renault: Mercedes crê em incômodo às favoritas na Áustria

Toto Wolff, chefe da Mercedes, acredita que seu time, Ferrari e Red Bull terão companhia na briga por espaço na Áustria

Após oito meses de ausência, a Fórmula 1 volta a um fim de semana de competição nos próximos dias. No retorno após as férias e a pandemia do novo coronavírus, que atingiu o mundo no começo do ano e impossibilitou o recomeço em março, quando era programado, o campeonato de 2020 vai começar a dar as caras. De acordo com o chefe da Mercedes, há mais do que as tradicionais favoritas na briga pelos primeiros lugares em Spielberg.

Toto Wolff falou que vê, sim, as “suspeitas de sempre”, Mercedes, Ferrari e Red Bull, ainda no papel de favoritas, mas as surpresas estão de olho. Citou, por exemplo, a Racing Point e sua ‘Mercedes rosa’, além de Renault e McLaren.

“Viajamos para a Austrália [em março] sem esperar facilidade, pelo contrário, esperávamos competição. Dava para ver o desejo de competição de algumas equipes na sala [quando foi anunciado que não haveria corrida], porque sentiam que tinham um ótimo carro”, contou em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’.

Ainda falou um pouco mais sobre os tais times famintos. “Neste sentido, não tenho dúvidas de que serão os suspeitos de sempre [na luta por vitória], talvez com algumas surpresas. A Racing Point tem um carro muito forte e mostrou tempos promissores em Barcelona. Não tenho dúvidas de que McLaren e Renault também terão um papel”, falou.

“Vamos esperar para ver. Estou sempre do lado cauteloso. Acredito que a primeira indicação será no treino de classificação, depois no domingo veremos quem teve o melhor pacote”, disse.

Wolff ainda tratou com cuidado a ideia de que a temporada mostrará aquilo que a pré-temporada indicou – que, nesse caso, beneficiaria a Mercedes. Lembrou como a Ferrari sobrou nos testes de 2019, mas estava longe em 2020.

“Acredito que sempre há um risco em esperar que o que vimos nos testes seja exatamente o que vai acontecer na pista. Olhando para 2019 e depois o que aconteceu na Austrália, foi totalmente diferente”, encerrou.

A partir da Áustria, o campeonato começa uma sequência de oito corridas nos próximos dez fins de semana. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube