F1

Racing Point promete carro “bem diferente” do mostrado na pré-temporada para GP da Austrália

Sem especificar em qual sentido, o chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, afirmou que sua equipe chegará em Melbourne com um carro modificado em relação ao que participou da pré-temporada em Barcelona
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Com o objetivo de "competir no topo do pelotão do meio", a Racing Point chegará em Melbourne, para a primeira etapa do ano, com um carro "bem diferente" do que foi mostrado durante a pré-temporada em Barcelona.

É o que diz Otmar Szafnauer, chefe da equipe, mesmo que sem especificar em qual sentido. Segundo ele, o RP19 não foi completo para a Espanha por "razões estratégicas" e terá mudanças no GP da Austrália.

"Para nos dar o máximo de tempo para desenvolver o carro, maximizar nosso desempenho na primeira corrida, precisamos segurar um pouco durante os testes", disse o dirigente ao 'Racefans'.

"Não é fácil introduzir novas partes no final do dia e sabemos que é um movimento arriscado, mas acreditamos que valerá a pena no longo prazo", seguiu.
Sergio Pérez (Foto: Racing Point)
Para ele, as mudanças também têm relação com a mudança de donos, já que isso teria atrasado o desenvolvimento do carro: "Grande parte foi desenhada antes, então e´um ano de transição."

"Reconhecemos que não será uma tarefa fácil, porque parece que será um meio de grid dos mais apertados que já vimos. Somos realistas sobre o desafio que encararemos, mas é uma longa temporada e temos um plano. Gosto de pensar que brigaremos por pontos em Melbourne e certamente esse é nosso objetivo", finalizou Szafnauer.

No primeiro dia de movimentação no Albert Park, uma mudanças já foi flagrada: a cor do patrocinador na asa dianteira. Antes azul, agora aparece em preto.