F1

Räikkönen acredita que boa fase da Ferrari melhorou atmosfera na equipe: “Todo mundo parece mais feliz”

A grande temporada da Ferrari – com três vitórias e o segundo lugar no Campeonato de Construtores – serviu para criar uma atmosfera melhora entre os funcionários. Quem diz isso é Kimi Räikkönen, que pensa que “todo mundo parece mais feliz” em 2015

Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
Kimi Räikkönen – mesmo com a fama de calado e introvertido – notou uma mudança no comportamento da Ferrari em 2015. De acordo com o finlandês, a ascensão da escuderia depois de um 2014 deprimente serviu para melhorar o clima em Maranello.
 
Kimi fez tal análise durante o jantar de Natal da Ferrari, e o clima natalino parece ter pesado sobre o finlandês, contente com a temporada de sua equipe.
 
“O ano terminou e é evidente que, para o próximo, as pessoas sempre esperam um avanço em relação a este. Mas é sempre diferente. Chegaram novas pessoas e a atmosfera para a equipe como um todo foi muito boa neste ano, comparando com o último, e isso é normal”, considerou Kimi.
Räikkönen foi ao pódio na última corrida do ano, coroando um bom 2015 (Foto: Getty Images)
Depois de uma reestruturação interna, que incluiu a chegada do novo chefe Maurizio Arrivabene e do tetracampeão mundial Sebastian Vettel, é inegável que a Ferrari deu um salto de qualidade em 2015. Depois de um 2014 com apenas dois pódios, a equipe chegou a 16 pódios – três deles sendo por vitórias.
 
“Neste Natal, todo mundo parece mais feliz. Óbvio que uma longa temporada acabou e todos querem um tempo livre, existe um clima mais relaxado”, seguiu.
 
Mas a tranquilidade não há de durar muito. Os testes de pré-temporada começam na segunda metade de janeiro, e as equipes já estão trabalhando pesado na concepção de seus novos carros.