Räikkönen admite decepção por falta de vitórias da Ferrari, mas adota discurso otimista de ‘desistir, jamais’

A Ferrari vem passando por uma difícil fase nesta temporada. Até o momento, a equipe italiana ainda não conquistou nenhuma vitória em 2016, apesar de estar na segunda colocação do Mundial de Construtores. Kimi Räikkönen admitiu estar decepcionado com os resultados, mas revelou que não desistirá de subir ao degrau mais alto do pódio

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A Ferrari não enfrenta a melhor fase de sua história, mas Kimi Räikkönen insistiu de que a equipe não deixou de acreditar que pode vencer ainda em 2016. No entanto, o piloto admitiu que a falta de triunfos “machuca”.
 

O início do ano do time italiano foi um tanto quanto complicado. Neste final de semana acontece o GP da Hungria, décima primeira etapa da temporada. Até o momento, somou 204 pontos sem nenhum dos seus pilotos subirem ao degrau mais alto do pódio.
 
O finlandês, no entanto, tenta encarar a fase de forma positiva, afirmando que o carro já apresenta melhoras. “Com certeza o carro está melhor do que estava no início do ano, mas ainda não está bom o suficiente”, explicou.
Kimi Räikkönen (Foto: Getty Images)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Ainda virão muitos traçados que serão bons para nós, espero que ganhemos corridas. Sempre podemos melhorar, sabemos quais são nossas fraquezas, estamos trabalhando elas. Mas as coisas não acontecem da noite para o dia, leva tempo para arrumar”, completou.
 

Räikkönen admitiu que o sentimento de decepção se faz presente na equipe, mas fez questão de ressaltar que ninguém dentro do time irá desistir de perseguir melhores resultados. 
 
“Tenho certeza de que todos estamos decepcionados, estamos sofrendo pela falta de vitórias, mas isso certamente não ajuda. Ninguém desistiu, pois não estamos onde queríamos e não estamos aqui para fugir de nossos problemas”, afirmou.
 
“Não vejo uma razão para estar triste, mas é claro que machuca terminar em segundo ou terceiro. Mas isso não significa que desistiremos ou não tentaremos. Não vejo um motivo para ficar para baixo ou não ter uma atitude positiva, mas não estamos onde gostaríamos”, encerrou.
PADDOCK GP #38 VAI A PIRACICABA PARA LANÇAMENTO DA F-INTER

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube