Räikkönen admite erro em volta decisiva em Xangai e lamenta: “Tivemos a chance de estar na pole”

Kimi Räikkönen ficou muito perto de quebrar um jejum que já dura quase oito anos, quando largou na pole do GP da França. O ‘Homem de Gelo’ deu pinta de que poderia largar na frente em Xangai, mas cometeu um erro na volta final e proporcionou a Nico Rosberg a chance de abrir o grid do GP da China

Kimi Räikkönen foi um dos protagonistas do empolgante treino classificatório deste sábado (16) em Xangai, palco do GP da China de F1, terceira etapa da temporada 2016. O finlandês de 36 anos, piloto mais velho do grid atual, chegou a ser mais rápido que Nico Rosberg durante a primeira metade do Q3, a fase derradeira da classificação, e deu pinta de que finalmente poderia quebrar um jejum de quase oito anos sem largar na pole-position na F1.
 
Mas ao fazer sua tentativa final, o ‘Homem de Gelo’ cometeu um erro no grampo, a curva mais lenta do circuito de Xangai, e perdeu tempo quando indicava que poderia inclusive melhorar seu tempo, 1min35s972. Kimi não só perdeu a pole para Rosberg, que assinalou 1min35s402, como também o segundo lugar para o surpreendente Daniel Ricciardo, da Red Bull, que bateu o nórdico em 0s055.
Kimi Räikkönen lamentou a perda da pole na China (Foto: Reprodução)
Räikkönen não escondeu sua decepção por ter perdido uma pole que parecia muito próxima. “Na volta anterior, na mesma curva, passei muito, muito rápido. Na última volta, vinha bem rápido, mas escorreguei no grampo e obviamente perdi muito tempo”, lamentou o veterano.
 
“É uma pena, tivemos a chance de estar na frente hoje, mas isso acontece. Vamos tentar fazer o melhor amanhã”, complementou o finlandês, que vai largar à frente de Sebastian Vettel, seu companheiro de Ferrari, no domingo em Xangai.
PADDOCK GP #24 FALA SOBRE F1, MOTOGP, INDY E STOCK

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube