Räikkönen afirma que liderança da F1 não mudou modo de trabalhar da Lotus antes do GP da Malásia

O piloto finlandês disse que a abordagem da equipe inglesa pra o GP da Malásia é a mesma que a usada nas últimas corridas: fazer um bom trabalho para somar o maior número de pontos possível

Líder da temporada 2013 da F1 após a vitória no GP da Austrália, Kimi Räikkönen afirmou que nada mudou na Lotus desde a última semana. Principal nome da entrevista coletiva desta quinta-feira (21), em Sepang, o finlandês disse que a abordagem da equipe inglesa é a mesma para a corrida deste fim de semana, independentemente da posição que ocupa no campeonato.

 “Nós não faremos nada diferente neste fim de semana se comparado à última corrida ou ao ano passado. Ser o líder não fará nenhuma diferença no que vamos fazer neste fim de semana ou em qualquer outro. Vamos tentar fazer o melhor e tentar somar bons pontos”, declarou o piloto finlandês.

Räikkönen afirmou que o modo de trabalhar da Lotus não mudou (Foto: Getty Images)

 

As imagens desta quinta em Sepang
A volta virtual em Sepang, narrada por Massa
Especial F1 2013, a temporada que vem com rótulo de imprevisível

Räikkönen também foi questionado sobre as condições da prova da Malásia, onde o forte calor e o alto desgaste dos pneus devem favorecer o carro da Lotus. O finlandês, porém, respondeu que não é fã de condições tão adversas, mas se disse focado na briga pela vitória e espera fazer uma boa corrida.

“Eu não gosto da temperatura elevada e da umidade deste lugar, mas o circuito é bom. Nós sabemos como as coisas vão ser por aqui. Geralmente temos boas corridas, e isso é o mais importante”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube