Räikkönen celebra pódio em Cingapura, mas reconhece que “não poderia fazer nada” contra Vettel e Ricciardo

Um dia de grandes emoções para Kimi Räikkönen, mesmo que ele não demonstre muito. Neste domingo (20), o finlandês cruzou a linha de chegada do GP de Cingaura na terceira colocação, o que foi comemorado pelo piloto, apesar de ter sido um resultado esperado pela equipe

Kimi Räikkönen não é um homem que demonstra muitas emoções, mesmo após conquistar o pódio no GP de Cingapura deste domingo (20). Após uma corrida consistente e mostrando bom ritmo, o piloto conseguiu completar o top-3 do dia.
 
Na entrevista após a corrida, o finlandês chegou a dizer que estava satisfeito com o bom resultado em Marina Bay, mas afirmou que era o que a equipe já esperava da prova. “Obviamente esperamos isso. A sexta-feira foi divertida para mim, mas ontem eu tive dificuldades por alguma razão”, explicou.
Kimi Räikkönen (Foto: AP)
“Foi bom ter sido terceiro ontem diante de como o carro estava difícil. Hoje tive algumas dificuldades também, mas foi bom ter ritmo para ser terceiro”, continuou o piloto.
 
Räikkönen explicou ainda que tentou alcançar Sebastian Vettel e Danil Ricciardo para tentar uma ultrapassagem, mas que os pneus se desgastaram muito rapidamente, e o máximo que ele conseguiria seria o terceiro posto.
 
“Até os acompanhei no começo, mas depois os pneus ficaram gastos. Hoje foi uma luta, eu tinha um bom ritmo, mas não tinha nada a fazer sobre os dois primeiros. De qualquer jeito, ser terceiro é um bom resultado e tenho certeza de que vamos conseguir repetir outras vezes”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube