Räikkönen detona comportamento agressivo de Pérez: “Deveria levar um soco para ver se entende”

Kimi Räikkönen afirmou que Sergio Pérez compete de maneira tola na pista ao jogar o carro de propósito para fazer ultrapassagens, forçando os adversários abrirem a porta para evitar alguma batida

Kimi Räikkönen não ficou nada satisfeito com o desfecho do GP de Mônaco, neste domingo (26). Duelando com Sergio Pérez pela quinta colocação nas voltas finais, os dois acabaram se tocando, e o finlandês teve um pneu furado, precisando ir aos boxes. Assim que acabou a prova, o piloto afirmou, em uma entrevista, que o adversário costuma correr riscos desnecessários e merece “levar um soco” para ver se aprende.

“Pilotar com risco é aceitável, porém é mais fácil acabar guiando de maneira tola. E essa não é a primeira vez que ele faz isso. Não sei se já pararam para conversar com ele. Talvez eles [da McLaren] deveriam lhe dar um soco para ver se assim ele entende”, declarou o finlandês à rede de televisão alemã RTL.

Kimi Räikkönen defendeu um tratamento de choque em Sergio Pérez (Foto: Getty Images)

Depois da prova, com os ânimos um pouco mais calmos, Räikkönen voltou a criticar o piloto da McLaren, via comunicado de imprensa da Lotus, e afirmou que o mexicano costuma forçar a ultrapassagem de propósito, mesmo sabendo que pode causar um acidente, para ver se os outros competidores tiram o carro e abram a porta.

“Ele me bateu por trás, e isso é tudo. Se ele acha que é minha culpa por ele ter vindo muito rápido naquela curva, então ele obviamente não faz ideia do que está falando. Essa não é a primeira vez que ele bate em alguém em uma corrida. Ele espera que as pessoas sempre saibam o que ele pretende fazer, então saiam de perto ou cortem uma curva caso ele venha muito rápido. E ele não vai conseguir fazer isso sem acertar alguém”, acrescentou.

Por causa do acidente, o campeão do mundo de 2007 lamentou ter permitido que Sebastian Vettel abrisse 21 pontos na liderança do campeonato. “Foi um dia realmente frustrante. Por causa de uma única manobra estúpida de Sergio Pérez, nós perdemos um monte de pontos para Sebastian e não podemos deixar que algo assim aconteça”, disse.

Apesar da frustração pelo resultado, o finlandês ao menos conseguiu ultrapassar seis carros nas últimas sete voltas, com pneus novos, e terminou em décimo, mantendo uma sequência de 23 corridas nos pontos. “Por isso, não foi o fim de semana ideal, mas não há nada que podemos fazer quanto a isso. Ao menos conquistamos um ponto no final”, encerrou o nórdico.

As imagens do domingo de F1 em Monte Carlo 
Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube