Räikkönen diz que carro da Lotus não é vencedor, mas espera melhorar desempenho na Hungria

Por não ter vencido nenhuma prova no ano, Kimi Räikkönen diz que carro da Lotus não é vencedor, mas espera melhorar isso na segunda parte do ano. E sem se encontrar com o acerto para pista molhada, o finlandês torce por tempo seco na Hungria

Com quatro pódios, dois segundos e dois terceiros lugares, Kimi Räikkönen voltou à F1 com um desempenho acima do esperado pela maioria, mas não para a Lotus, que tinha esperança e vencer uma prova ainda na primeira metade da temporada. E já que a primeira vitória não veio, o finlandês espera maximizar o desempenho da equipe no GP da Hungria, que acontece neste final de semana, em Hungaroring.

"Nós não ganhamos nenhuma corrida porque o carro não é vencedor", disse Räikkönen. "Temos um bom pacote, mas, por muitos motivos, tivemos o melhor dele durante as corridas”, lamentou.

"Nós estamos muito felizes [com o desempenho], mas você quer fazer melhor, queremos ganhar corridas, mas isso não aconteceu até agora, porém espero que a gente possa fazer isso”, afirmou. "Não é fácil, sabemos disso, e nós sempre tentamos melhorar as coisas que fazemos, e nós veremos o que podemos fazer na segunda metade da temporada”, confirmou.

 

Räikkönen espera melhorar desempenho da Lotus na metade final da temporada (Foto: Lotus/LAT Photographic)

O piloto explica que o final de semana chuvoso em Hockenheim, durante o GP da Alemanha, não foi bom e provou que a Lotus não tem um bom acerto para a chuva. Por isso, Räikkönen espera que o GP da Hungria seja disputado com pista seca para ter um desempenho nos treinos melhor do que na semana passada.

"Tivemos uma boa velocidade no último fim de semana, mas fomos mal na chuva, quando não conseguimos nada por alguma razão", contou. “Isso realmente nos colocou em uma posição não muito boa. Mas eu acho que um final de semana seco, encontrando o acerto correto e coisas assim, então espero ser melhor do que na semana passada”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube