Räikkönen esnoba posições abaixo do título: “Não faz diferença ser segundo colocado ou décimo”

O piloto da Lotus afirmou que não faz diferença se ficar abaixo da primeira colocação no campeonato e brincou com a situação, dizendo que é ainda melhor ficar fora do pódio para não falar na coletiva. Falando do carro, Kimi espera que as atualizações funcionem como o esperado na Coreia

Mesmo sem vencer, Kimi Räikkönen faz uma temporada de retorno à F1 muito consistente e, com seis pódios, ocupa a terceira colocação no campeonato, com 157 pontos, 37 atrás do líder Fernando Alonso. Apesar disso, o finlandês não se importa muito caso termine o campeonato sem conquistar o título.

"Não importa se sou segundo ou décimo. Não faz diferença se você não vence”, contou o piloto da Lotus, nesta quinta-feira (11), no circuito de Yeongam, palco do GP da Coreia que acontece neste final de semana. “Vamos ver. Se tivessem dito isso [ser terceiro no campeonato] no início do ano, teria aceitado, mas, uma vez que você vai bem, você espera ir ainda melhor e quer ir melhor também. Vamos continuar tentando e espero melhorar”, completou.

Räikkönen não vê com muita empolgação terminar o campeonato em terceiro (Foto: Lotus/Andrew Ferraro/LAT Photographic)

Com seu jeito brincalhão, Kimi admitiu que, apesar de o terceiro lugar ser uma posição muito boa, prefere ficar abaixo disso para não ter que falar na entrevista coletiva. "Eu prefiro estar fora do segundo ou terceiro lugar, porque aí não tenho que ir para premiação”, brincou.

Na última semana, a Lotus confirmou que o carro iria receber algumas atualizações para a etapa deste final de semana. Perguntado se estava confiante sobre as novas peças, o piloto foi bem direto em sua avaliação. “Você precisa estar confiante, caso contrário não traríamos atualizações. Mas vamos ver amanhã”, explicou Räikkönen, dando a entender que tudo vai ser melhor avaliado durante os treinos livres.

“Nós sabemos os números do túnel de vento e todos os cálculos, mas, até testar, não podemos realmente saber o que isso pode nos trazer. Esperamos que tudo funcione como planejado e que melhore nossa posição de largada, mas só devemos ter uma ideia amanhã”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube