F1

Räikkönen vê Ferrari “indo no caminho certo” e admite que desempenho nas últimas etapas foi surpreendente

Kimi Räikkönen avaliou que a Ferrari segue caminhando na direção correta e evoluindo pouco a pouco. Finlandês, entretanto, reconheceu que o time de Maranello se surpreendeu com a forma recente

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Kimi Räikkönen acredita que a Ferrari também foi surpreendida pela boa forma das últimas corridas. Depois de uma vitória com Sebastian Vettel em Cingapura, a escuderia italiana voltou ao pódio no Japão, com o alemão atrás de Lewis Hamilton e Nico Rosberg, e o finlandês completado o top-4.
 
Mesmo vendo evolução da escuderia de Maranello, Räikkönen acredita que ainda é preciso melhorar mais, especialmente em circuitos onde a Pirelli fornece os compostos duros.
Kimi Räikkönen acredita que a Ferrari também foi surpreendida pela boa atuação nas etapas recentes (Foto: AP)
“Obviamente, os pneus são os mesmos para todos e nós temos de fazê-los funcionar para nós”, comentou Kimi. “Claro que alguns circuitos são mais complicados para o nosso carro dependendo do layout e de como nos adaptamos, e nós sabemos quando vai ser um pouco mais complicado”, seguiu.
 
 “Mas nós nos surpreendemos. Esperávamos que Monza fosse um pouco mais difícil para nós e fomos bem lá. Suzuka não foi tão mal, mesmo que não devesse ser o nosso lugar favorito no momento”, ponderou. “Mas isso mostra que nós estamos fazendo as coisas direito e melhorando. Nós continuamos trabalhando nessas coisas e sabemos onde estão as fraquezas, mas são limitadas as coisas que podemos fazer nessa época do ano. Tenho certeza de que continuamos melhorando pouco a pouco, e estaremos em melhor forma no próximo ano”, avaliou.
 
Além disso, Räikkönen avaliou que o fato de a Ferrari ter batido a Williams em uma pista que, teoricamente, teria colocado as fraquezas do bólido vermelho em evidência, é um impulso extra.
 
“Obviamente, não é ideal terminar em terceiro e quarto, mas nós sabíamos que este não seria nosso lugar mais forte”, declarou. “E, olhando por esta perspectiva, acho que devemos ficar felizes. Nós fomos o segundo melhor time, continuamos progredindo, indo na direção certa e fazendo as coisas certas”, continuou.
 
“Ainda têm muito trabalho a ser feito, mas nós estamos fazendo as coisas certas e indo na direção certa. Então, pouco a pouco, continuamos a progredir”, frisou. “Tenho certeza de que alguns circuitos vão ser um pouco mais difíceis e alguns um pouco melhor, mas isso é parte de tentar melhorar em todas as áreas”, concluiu.