RB elogia “grande fase” de Tsunoda e vê “trabalho a fazer” com Ricciardo após Mônaco

Chefe da RB, Laurent Mekies fez questão de elogiar o trabalho de todos na equipe após os pontos conquistados no GP de Mônaco, mas deixou claro que ainda espera mais de Daniel Ricciardo nas próximas corridas

A RB (Visa Cash App RB) foi embora de Mônaco levando mais alguns pontos importantes na bagagem na luta acirrada do pelotão intermediário no Mundial de Construtores. Chefe da equipe de Faenza, Laurent Mekies elogiou mais uma vez o ótimo desempenho de Yuki Tsunoda e admitiu que ainda está trabalhando para ajudar Daniel Ricciardo a voltar aos seus melhores dias.

Nas estreitas ruas de Monte Carlo, o japonês mostrou boa performance ao longo de todo fim de semana, sempre superando seu companheiro de equipe. Foi ele que, inclusive, ao cruzar a linha de chegada em oitavo, se tornou o responsável pelos quatro pontos acumulados pela escuderia italiana, enquanto que Ricciardo, por sua vez, teve de se contentar apenas com o 12º lugar.

Logo na primeira volta da corrida, uma bandeira vermelha causada pelo acidente entre Sergio Pérez e Kevin Magnussen obrigou todos os pilotos a retornarem aos boxes. Lá, alguns optaram por já realizarem a troca obrigatória de pneus, arriscando seguir com o mesmo composto durante as 77 voltas que ainda restavam. Desta forma, a esperada guerra de estratégias entre as equipes não aconteceu, mas os competidores tiveram de administrar bem a borracha para conseguir chegar até o fim.

“Durante a corrida, a tensão ficou evidente nos diversos jogos de estratégia ‘de gato e rato’ em todo o grid. Os pilotos e engenheiros fizeram um excelente trabalho ao longo das 78 voltas para definirem o ritmo que deveriam seguir para gerir os pneus da melhor forma”, disse Mekies após o GP de Mônaco.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Yuki Tsunoda somou quatro pontos importantes para a RB em Mônaco (Foto: Red Bull Content Pool)

“Sempre teremos dias traiçoeiros em Mônaco, mas a equipe teve ótima execução. Yuki está realmente em grande fase, mais uma vez nos colocando na frente do pelotão intermediário na classificação e depois seguindo a estratégia para trazer para casa mais alguns pontos valiosos no campeonato”, continuou o chefe da RB, elogiando Tsunoda.

“No que foi uma corrida completamente linear, com nada mudando após a segunda largada, era praticamente impossível para Daniel conseguir se juntar ao companheiro na briga pelos pontos”, lembrou Laurent, admitindo que Ricciardo ainda não entregou aquilo que a equipe esperava dele. “Ainda temos algum trabalho a fazer para ajudá-lo a desempenhar da maneira que sabemos que é capaz, por isso estamos ansiosos por chegar ao Canadá, palco da sua primeira vitória há dez anos”, destacou.

Com um total de 24 pontos no Mundial de Construtores, a RB permanece na sexta colocação, mas viu a diferença para a Aston Martin cair consideravelmente nas últimas três provas — a equipe de Fernando Alonso e Lance Stroll conquistou 44 tentos até aqui. Olhando para trás, a rival mais próxima é a Haas, com sete pontos. Desta forma, Mekies não deixou de agradecer ao pessoal nas fábricas pelo trabalho realizado na VCARB 01.

“Por fim, quero agradecer a todos em Faenza e Bicester. A boa sequência de resultados que obtivemos nas últimas corridas se deve ao trabalho árduo de cada um, o que nos dá vontade de nos esforçarmos ainda mais nas próximas corridas”, finalizou.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.