Recuperado após acidente, Wehrlein visita Sauber e faz planos para voltar na segunda semana de testes

Depois de susto na Corrida dos Campeões, alemão está em Barcelona para conhecer nova equipe e acompanhar atividades de pista. Exame no fim de semana definirá participação na reta final da pré-temporada

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O alemão Pascal Wehrlein é o único ausente na primeira semana de testes da temporada 2017 da F1. Contratado pela Sauber, ele sofreu uma lesão nas costas durante a disputa da Corrida dos Campeões, em janeiro, e por isso não poderá pilotar o modelo C36 nos quatro dias que abrem as atividades no Circuito de Barcelona.

“Fiquei sabendo que não poderia testar na semana passada. Fiquei muito decepcionado. Mas estou ansioso para entrar no carro e estou me preparando pra isso”, disse o piloto, de 22 anos, em entrevista no motorhome de sua nova equipe. 

Apesar de não estar liberado para treinar, Wehrlein fez questão de viajar até Barcelona para integrar-se ao novo time. “Estou aqui esses dois dias para conversar com a equipe, ver como eles trabalham, saber mais sobre o carro e os pneus novos… Para estar preparado na hora que entrar no carro”. 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

O carro de Wehrlein ficou bem danificado depois do acidente (Foto: Reprodução/Twitter)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});
(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Wehrlein caminha sem dificuldades e afirmou que tem feito seu programa de treinamentos físicos sem grandes restrições. A ideia é voltar na semana que vem, depois de um exame médico no fim desta semana. 

“Tive um pouco de dor nos dois primeiros dias, é normal depois de um acidente. Mas agora eu já não sinto mais dores. Estou bem, venho fazendo minha preparação física normalmente”, disse. 

Questionado se a ausência nos testes seria um problema para o início da temporada, ele deu uma pista de que o retorno deve acontecer já no dia 7, quando começa a segunda semana de atividades na Catalunha.  

“A primeira semana de testes costuma ser para testar coisas novas, mudanças…Durante a manhã fizemos muitas experiências aerodinâmicas. Então esses dias você acaba não sabendo tanto sobre o carro. Certamente os testes da semana que vem serão mais importantes. Então não seria tão ruim perder apenas a primeira semana”, concluiu. 

Enquanto o alemão está afastado, a Sauber treina com o sueco Marcus Ericsson e o italiano Antonio Giovinazzi, piloto de testes da Ferrari que foi emprestado à escuderia suíça nesta semana. 

PADDOCK GP #66 RECEBE LUCAS DI GRASSI, DEBATE F-E E NOVOS CARROS DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube