Red Bull aceita pedido de desculpas da McLaren por problema na centralina de Webber em Melbourne

Christian Horner se disse contente em ter visto a McLaren admitir o erro no GP da Austrália, mas cobrou uma solução imediata do problema, que também acontece em outras equipes do grid

Chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner afirmou ter aceitado as desculpas da McLaren pelos problemas eletrônicos no GP da Austrália. Na última semana, em Melbourne, a equipe rubro-taurina perdeu a conexão com o carro de Mark Webber, devido a um problema em um software, o que comprometeu o acerto do equipamento do australiano, além do uso do Kers.

Como a McLaren é a fornecedora única de centralinas da F1, a escuderia inglesa reconheceu o problema e pediu desculpas ao time adversário. Horner, por sua vez, disse ter aceitado o pedido, mas cobrou uma solução imediata para o problema, que ainda não está resolvido.

Mark Webber sofreu com diversos problemas na Austrália (Foto: Red Bull/Getty Images)

“Eu acho que foi gracioso por parte da McLaren pedir desculpas, levantar a mão e dizer que houve uma falha. Espero que no final eles consigam resolver isso rapidamente”, declarou. “Eu não falei com as outras equipes, mas há alguns problemas. É um software complicado, mas infelizmente nós compramos um produto e esperamos que ele funcione”, disse o dirigente.

Apesar de toda a frustração, Horner disse que já fez as pazes com a equipe inglesa. “Com a McLaren, foi muito bom que eles tenham pedido desculpas. Elas foram aceitas, e o mais importante é aprender com o que aconteceu em Melbourne”, acrescentou.

O dirigente, por fim, disse que as falhas eletrônicas começaram no fim do ano passado, no treino dos novatos, em Abu Dhabi, quando o sistema da McLaren foi usado pela primeira vez. Desde então, houve muitos problemas, mas a equipe inglesa conseguiu corrigir a grande maioria deles.

“Sempre há razões para as coisas. Nós usamos esta centralina pela primeira vez no treino dos novatos do ano passado, quando tivemos muitos problemas. Eles trabalharam duro para resolvê-los, e deu certo com a grande maioria. Mas é frustrante que algo assim tenha comprometido nosso começo de corrida e preparação para Melbourne”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube