Red Bull admite problema com limite de peso na F1: “Afeta a todos, menos um”

Consultor-esportivo da Red Bull, Helmut Marko revelou que equipe ainda não conseguiu se enquadrar no limite de peso da F1, em problema que estaria afetando nove das dez equipes do grid

ESTRUTURA, DINHEIRO E TRADIÇÃO: ANDRETTI É 11ª EQUIPE PERFEITA PARA FÓRMULA 1?

A Fórmula 1 entra em 2022 com um regulamento técnico reformulado, o que ainda desafia as equipes a encontrarem soluções para problemas inéditos. E o consultor esportivo da Red Bull, Helmut Marko, admitiu que os taurinos ainda não compreenderam como se adequar ao teto de peso dos carros — que foi aumentado para 795kg este ano —, problema também identificado por ele em outros rivais.

“O único problema que temos é com o peso do carro”, disse Marko à publicação alemã Motorsport-Magazin. “Mas todos os times sofrem com isso. Graças a Deus que o peso mínimo foi aumentado, mas ainda teremos muito trabalho a fazer antes da primeira corrida”, analisou o austríaco.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

HELMUT MARKO; RED BULL; FÓRMULA 1; CONSULTOR DA RED BULL;
Helmut Marko ainda cogita mudança no limite de peso dos carros (Foto: Mark Thompson/Red Bull Content Pool/Getty Images)

O limite de peso dos carros da Fórmula 1 aumentou em 43kg para o ano de 2022, visando justamente a entrada do novo regulamento. No entanto, a previsão inicial era de que o aumento fosse para 775kg — o que foi debatido e posteriormente alterado pelas equipes, que precisariam de oito votos em consenso para efetuarem outra mudança.

Marko mantém esperanças de uma possível alteração e revelou até mesmo uma reunião com outras escuderias para tratar do assunto durante a pré-temporada de Barcelona. O austríaco fez questão de destacar que apenas um dos dez times do grid estaria satisfeito com o peso atual — e não descartou uma alteração do limite.

“Teremos outro encontro hoje”, disse Marko na sexta-feira (25), último dia de pré-temporada em Barcelona. “Vamos ver se não teremos outro aumento pela frente. Todos os times, exceto por um, estão tendo problemas com a questão do peso”, contou, sem divulgar o nome da concorrente.

Verstappen já deu mais de 150 voltas no RB18 durante a pré-temporada de Barcelona (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A publicação alemã ainda afirma que apesar de outras equipes apresentarem dificuldades de se manter no peso máximo, a Red Bull é a que possui os maiores problemas no quesito. Assim, as outras escuderias não estariam inclinadas a aceitarem uma mudança, pensando em uma possível vantagem competitiva no futuro.

A próxima oportunidade que as equipes da Fórmula 1 terão de acertar seus carros e coletar mais dados na pista será na pré-temporada no Bahrein, que marca os últimos três dias de testes da categoria, entre 10 e 12 de março, antes do início oficial do campeonato — agendado para o dia 20, novamente no deserto bareinita.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar