Red Bull elogia experiência de Pérez e compara a Gasly e Albon: “Dinâmica diferente”

Para Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, a vasta experiência de Sergio Pérez o faz dar uma "dinâmica diferente" a equipe taurina, se comparado a seus antecessores: Pierre Gasly e Alexander Albon

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Sergio Pérez viveu um início de temporada complicado, mas teve melhor desempenho depois de conquistar seu primeiro pódio com a Red Bull nas vitória nas ruas de Baku, no GP do Azerbaijão. O piloto, que determinou cinco corridas para se adaptar ao RB16B, contribuiu na vantagem de 44 pontos para a equipe austríaca sobre a Mercedes no Campeonato de Construtores até aqui. Para Christian Horner, chefe dos taurinos, a grande experiência do mexicano é de extrema importância para a equipe.

“Acho que ele nos dá essa experiência”, disse Horner, em entrevista ao podcast Beyond the Grid. “Ele tem 10 anos de experiência e uma capacidade de gerenciar os pneus de forma inigualável numa corrida. Traz uma dinâmica diferente.”

Sergio Pérez se envolveu em dois incidentes com Charles Leclerc e foi punido (Foto: Red Bull Content Pool)

“Tanto Pierre [Gasly] como Alex [Albon] são pilotos tremendamente talentosos, mas o momento não era o certo. Então, com o ambiente de pressão que temos e nossas expectativas, foi muito difícil para eles”, acrescentou o inglês, lembrando dos antecessores do mexicano.

Sergio foi contratado para substituir Albon, que teve temporada abaixo das expectativas, assim como Gasly na primeira metade de 2019. Inclusive, a decisão da Red Bull em contratar Pérez causou surpresa, porque foi a primeira vez em muito tempo que o time dos energéticos chamou alguém de fora do programa de pilotos.

“Foi uma jogada ousada sair do esquema este ano com Sergio. Pela primeira vez desde Mark Webber, pegamos um piloto júnior que não era da Red Bull”, explicou Horner.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acho que ele [Pérez] traz a dinâmica que precisamos na luta que temos com a Mercedes. Isso está começando a dar frutos. Você viu isso no GP da França e também no Azerbaijão, onde conseguiu sua primeira vitória”, seguiu.

“Da maneira como ele se defendeu, provavelmente Lewis teria vencido aquela corrida se não fosse por Sergio, então ele está cumprindo com sua missão”, concluiu.

A décima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece daqui a duas semanas: o GP da Inglaterra, no ‘templo’ de Silverstone, vai também vai receber a histórica primeira corrida de classificação da categoria no fim de semana entre 16 e 18 de julho.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar