Red Bull escolhe 13 de fevereiro para lançamento de carro e ‘congestiona’ dia de Mercedes e Racing Point

13 de fevereiro já tem nada menos do que três lançamentos confirmados. Mercedes e Racing Point agora ganham companhia da Red Bull, que também escolheu a data para apresentar o novo carro, primeiro da parceria com Honda

A Red Bull, uma das poucas equipes ainda sem data para lançamento do novo carro de Fórmula 1, encerrou o suspense. A equipe anunciou nesta segunda-feira (4) que o próximo carro vem ao mundo na próxima semana, em 13 de fevereiro.
 
A equipe não entrou em detalhes sobre como ou onde é o evento. Trata-se de um indicativo de um lançamento on-line, assim como a Red Bull se acostumou a fazer em anos anteriores.
 
Com a confirmação da Red Bull, 13 de fevereiro se torna um dia particularmente importante para os fãs da F1. Isso porque o dia, quarta-feira da próxima semana, agora acumula três lançamentos: além da equipe de Milton Keynes, Mercedes e Racing Point também marcaram eventos para a data.
O novo carro da Red Bull vem em 13 de fevereiro (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
O novo carro – ainda sem nomenclatura divulgada, apesar da tendência de permanência do já tradicional ‘RB’ – é o primeiro da Red Bull ao lado da Honda. A equipe austríaca uniu forças com os japoneses após os últimos anos frustrantes com a Renault, considerada Calcanhar de Aquiles de carros de destaque pelo bom chassi, mas que não foram capazes de brigar por título.
 
O modelo de 2019 tem como pilotos Max Verstappen e Pierre Gasly. O francês chega como substituto de Daniel Ricciardo, agora na Renault.
 
A pré-temporada da F1 começa em 18 de fevereiro. O GP da Austrália, primeiro do ano, fica para 17 de março.

Lançamento dos carros da F1:
 
Haas: 07/02
Toro Rosso: 11/02
Renault: 12/02
Mercedes: 13/02
Racing Point: 13/02
Red Bull: 13/02
McLaren: 14/02
Ferrari: 15/02
Sauber: 18/02
Williams: sem data

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube