Red Bull explica pit-stop de Monza e diz: “Erros como este não serão mais cometidos”

Helmut Marko explicou que um erro pequeno acabou atrapalhando o pit-stop de Max Verstappen no GP da Itália na esteira de uma mudança de regulamento

A Red Bull assegurou que falhas como a do GP da Itália com Max Verstappen não vão se repetir no pit-stop na Fórmula 1. De acordo com Helmut Marko, o erro aconteceu na esteira de uma mudança de regulamento.

Na corrida de Monza, os rubro-taurinos tentaram usar a parada para que Verstappen superasse Daniel Ricciardo, mas um procedimento lento não só impediu que a estratégia funcionasse, mas também foi o ponto de partida do polêmico incidente com Lewis Hamilton.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

F1 2021, GP DA ITÁLIA, MONZA, CORRIDA, ACIDENTE, LEWIS HAMILTON, MAX VERSTAPPEN, BETO ISSA
O polêmico acidente do GP da Itália começou com o pit-stop ruim da Red Bull (Foto: Beto Issa)

Falando à imprensa às vésperas do GP da Rússia deste fim de semana, o consultor do time explicou que erro começou com uma mudança nas regras.

“Aconteceu uma mudança no regulamento”, disse Marko em entrevista à emissora RTL. “Por razões de segurança, agora precisa ter 0s15 de intervalo entre o momento em que os mecânicos estão prontos e a liberação do carro”, explicou.

De acordo com Marko, a mudança no procedimento fez com que um dos mecânicos cometesse um pequeno erro em Monza.

“Um botão não estava acionado, então o responsável pelo macaco não podia liberar o carro, mesmo que estivesse esperando há muito tempo”, detalhou. “Nós treinamos continuamente, do contrário, não seriamos normalmente aqueles com os melhores tempos de parada”, apontou.

“O sistema foi melhorado, então erros como este não serão mais cometidos”, concluiu.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste fim de semana para a disputa do GP da Rússia, 15ª etapa da efervescente temporada 2021. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar