Red Bull promete atualizações em Ímola e busca deixar RB16B “à prova de balas”

O engenheiro-chefe da Red Bull, Paul Monaghan, revelou que a equipe tem atualizações prontas para tirar todo desempenho possível em Ímola

Vídeo mostra Hamilton indo além da zebra repetidas vezes na curva 4 no Bahrein (Vídeo: Reprodução)

A Red Bull já entrou na temporada virando algumas cabeças. Afinal, ver alguém com poder de fogo real para incomodar a Mercedes na luta pelo título da Fórmula 1 não tem sido comum. Apesar do carro melhor no Bahrein, a Red Bull anunciou que pretende trazer atualizações na segunda etapa, marcada para Ímola em três semanas. Intenção é tirar todo desempenho que o RB16B tem para oferecer.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Duelo Hamilton x Verstappen bate recorde de audiência em Reino Unido, Holanda e EUA

Quem afirmou foi o engenheiro-chefe da equipe austríaca, Paul Monaghan. Segundo ele, as atualizações para a segunda corrida do campeonato estão esquematizadas. Apesar do bom carro, no qual a Mercedes disse não ter encontrado falha alguma, a Red Bull sabe que tem que se mexer frente a uma rival como a atual heptacampeã mundial de Construtores.

“Alguns desenvolvimentos já estão preparados para Ímola, mais para as corridas seguintes, então agora é uma luta com uma lança de cada lado. Precisamos que esse carro seja colocado no chão e ande sem nos dar respostas negativas. Vamos colocar o maior desempenho possível em Ímola”, disse.

“Nosso destino está sob nosso próprio controle e não podemos influenciar o que Mercedes, McLaren, Ferrari e todos os outros fazem. Temos que continuar focados. Identificamos áreas onde o carro pode ser melhorados e temos de nos concentrar nisso. Precisamos desenvolver o carro e tornar à prova de balas”, seguiu.

A preparação e atualização tende a ser uma constante na temporada da Red Bull, que se animou notando tão grande proximidade com a Mercedes. Perder no Bahrein foi mesmo um baque, de acordo com Monaghan, mas nada que abale a confiança para 2021.

“Não é uma questão de ir a Ímola, ganhar a corrida e falar que ‘ah, somos os campeões mundiais’, isso não vai acontecer. Será uma longa batalha numa temporada enorme e que não foi vencida ou perdida no Bahrein”, afirmou.

“Há um senso de decepção na garagem, sentida por todos, mas o carro é rápido, temos uma dupla de pilotos fantástica, um bom time e todos sabem que vamos desafiar ao longo de todo o caminho”, finalizou.

A Fórmula 1 continua exatamente no GP da Emília-Romanha no fim de semana dos dias 16-18 de abril.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar