Red Bull sugere maior pontuação para corridas de classificação e inversão do grid

Em contramão às dúvidas relacionadas às corridas de classificação, Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, fica animado com o novo modelo. Ele ainda vai além: sugere pontos para pole e inversão de grid no modelo sprint

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

As corridas de classificação – formato que será testado em 2021 em três etapas do calendário – dividiu opiniões, mas para Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, a nova estratégia estipulada pela F1 pode ser “bastante interessante” para os finais de semana de corrida e quer que o campeonato leve a ideia adiante.

“Estou feliz em apoiar os promotores para dar uma chance, porque eu acho que se não tentarmos algo diferente, como saber se é melhor ou não?”, disse o dirigente à Sky Sports. “Parte de mim pensa que um GP tem uma classificação clássica e uma corrida, mas isso [a corrida de classificação] pode trazer algo a mais. E eu acho que se não for em todas as corridas, então pode ser algo bastante interessante.”

Cada corrida de classificação dará três pontos ao vencedor. E Horner sugeriu que a proposta poderia ser levada ainda mais longe, atribuindo mais pontos para o modelo sprint, incorporando uma inversão de grid e introduzindo um ponto de bônus para a pole-position.

WEB STORIES: Ayrton Senna e o 1º de maio que o mundo jamais esqueceu

CHRISTIAN HORNER; RED BULL; GP DO BAHREIN; FÓRMULA 1;
Christian Horner é a favor da nova estratégia da F1 em promover corridas de classificação (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ele, inclusive, relembrou da pontuação dada à volta mais rápida, que aconteceu em 2019. Horner acredita ter um impacto positivo no esporte. “Fizemos uma campanha muito forte para isso e acho que é positivo”, explicou.

“Eu até tentaria um ponto para a pole, porque isso tem um valor. Acho que com a corrida de classificação, temos que tentar e é por isso que concordamos em testar. Talvez possa ser feito no futuro. Como os pontos também são um elemento crítico, talvez coloque mais ênfase nos pontos dessa corrida e depois inverter o grid”, concluiu.

O entusiasmo de Horner foi compartilhado por vários pilotos, incluindo George Russell, que disse estar animado com a ideia. “Acho que é emocionante, para ser honesto”, disse Russell.

“Acho que a mudança traria um pouco mais de emoção. Teremos três dias de ação adequada, já que obviamente não há muitas pessoas interessadas em treinar em uma sexta-feira, então classificar em uma sexta-feira, fazer a corrida de classificação em um sábado antes do evento principal no domingo, acho que é um conceito interessante”, acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube