Renault admite risco de perder Ricciardo em 2021: “Não temos cartas na mão”

Alain Prost admitiu que não tem muitas opções para investir na permanência de Daniel Ricciardo na Renault em 2021. Contrato do australiano é expirante e nome já foi ventilado na Ferrari

A temporada da F1 não começou, mas as discussões sobre o grid de 2021 estão fortes. Um dos principais nomes livres para o próximo ano é Daniel Riccardo, da Renault.
 
O australiano de sete vitórias na categoria tem contrato com a escuderia francesa até o fim do campeonato, e já foi listado como um nome de interesse da Ferrari, que ainda não decidiu o companheiro de Charles Leclerc.
 
"Daniel tem contrato até o fim de 2020. Ele está livre. Não temos cartas na mão, não temos uma opção", revelou Alain Prost, diretor não-executivo da Renault à emissora francesa Canal +.
Daniel Ricciardo (Foto: Renault)
Ricciardo desembarcou na Renault em 2019 após cinco temporadas na Red Bull. O plano do australiano era o sucesso ao longo prazo com a escuderia, mas o adiamento da introdução do novo regulamento, de 2021 para 2022, pode mudar os rumos da carreira do piloto.
 
"É claro que começamos a negociar, o que é comum. Vamos imaginar que tudo vai voltar ao normal em 2021, aí podemos negociar com quem quisermos até o fim do ano. Mas em 2021, o regulamento será o mesmo de 2020, o que não é ideal para nós", completou Prost.
 
Apesar dos rumores da saída, o diretor não acredita que a Red Bull seja o destino de Daniel. Pela forte confiança do time austríaco em Max Verstappen, o retorno do australiano soa como improvável para o francês.
 
"Max Verstappen tem todo o apoio da Red Bull, então não vejo Daniel indo para lá. Mas com nós, está tudo aberto e, de qualquer forma, é certo que Daniel quer continuar. Ele fez um plano, não uma aposta, para ter sucesso com a Renault, e estamos no momento conversando de forma positiva", concluiu.
 

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora