Renault chama Red Bull, Toro Rosso e Caterham para acompanhar shakedown da Lotus em Jerez

A Renault chamou a Red Bull, a Toro Rosso e a Caterham para acompanhar o shakedown do carro da Lotus, nesta sexta-feira (7), em Jerez de la Frontera, como forma de mostrar as mudanças feitas para anular os problemas vistos na primeira bateira de testes da pré-temporada


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A Renault convidou as equipes para as quais fornece motor na F1 para acompanhar em Jerez de la Frontera, nesta sexta-feira (7), o shakedown do E22 da Lotus. Oficialmente, o time preto e dourado vai promover filmagens, com "pneus de demonstração da Pirelli", obedecendo aos limites de testes de pista dos carros de F1.

Segundo a imprensa inglesa, o time de Gerard López não deseja ter as rivais nas atividades, mas que a montadora francesa vai pagar a conta pelo teste privado como forma de incentivo. A ideia é que a fabricante possa ter a oportunidade de reunir mais dados sobre o desempenho do motor V6, depois da desastrosa bateria de treinos coletivos na Espanha, na semana passada. 

Red Bull completou apenas 21 voltas em quatro dias de testes (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Red Bull, Toro Rosso e Caterham devem mandar representantes para acompanhar os trabalhos da Lotus, mas principalmente verificar se as recentes mudanças realizadas pela Renault surtiram o efeito esperado, além da colaboração com novas ideias em um esforço de resolver os problemas que todos têm enfrentado neste início de pré-temporada.


A esquadra de Enstone tem a permissão de percorrer 100 km neste dia de eventos comerciais, utilizando pneus de demonstração e a uma velocidade relativamente mais baixa. Também é esperado que a Lotus faça o lançamento do E22 logo após os testes, às 16h, no horário local, em Jerez.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube