Renault comemora pontos com Sainz e Hülkenberg na Austrália, mas pressiona: “Agora brigam junto aos meninos grandes”

Nico Hülkenberg foi sétimo, Carlos Sainz Jr. foi 10°, e a Renault pontuou com seus dois pilotos na Austrália. Com o carro indo bem, a equipe já coloca pressão na dupla: agora, a obrigação é sempre brigar na parte de cima do grid

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O carro da Renault já aparentava, durante os testes de pré-temporada, ter melhorado em relação a 2017. Não era possível saber onde isso colocaria a equipe ainda, mas o GP da Austrália não só provou essa evolução, como melhorou a ideia geral deste posicionamento do time amarelo e preto.

Carlos Sainz foi 10°, enquanto Nico Hülkenberg levou o time para a sétima colocação. Ambos pontuaram e, agora, precisam seguir o plano: manter a Renault exatamente nesta parte de cima do grid.

Quem colocou essa pressão na dupla foi o próprio chefe, Cyril Abiteboul. Em entrevista ao site inglês 'Autosport', o dirigente afirmou que é ótimo que o espanhol e o alemão estejam entre os dez primeiros, mas que eles precisam continuar por lá.

"Agora eles brigam junto aos meninos grandes e têm de aguentar essa pressão", disse Abiteboul. "É ótimo ver que temos pilotos que aguentam brigar com (Valtteri) Bottas e (Fernando) Alonso, e eles têm carro para isso, apesar da Austrália ser uma pista difícil para ultrapassagens", opinou o dirigente.

Nico Hülkenberg (Foto: Renault)

No geral, o francês também elogiou o desempenho da equipe: "Foi um começo decente que nos dá confiança."

"Não sofrer com problemas de confiabilidade nos permite focar neste lado do desempenho, quem sabe bater a Haas, e continuar brigando com a McLaren, acredito que será uma briga interessante durante o ano. Esse começo é o que esperávamos, de acordo com o que sentimos nos testes", seguiu.

"Estamos muito confiantes com o que vem por aí na temporada", concluiu um satisfeito Abiteboul.

"RIDÍCULO E LEVIANO"

AJUDA DELIBERADA DA HAAS À FERRARI? NÃO FAZ SENTIDO ALGUM

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube