F1

Renault confirma atualização promissora do motor em Mônaco apenas para Ricciardo e Magnussen

Daniel Ricciardo e Kevin Magnussen foram os escolhidos da Renault para testar as atualizações do motor em Mônaco. A marca francesa queria aplicar a novidade somente no GP do Canadá, mas a promessa de carros 0s5 mais rápidos por volta era muito tentadora para ficar esperando

Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
Uma das grandes notícias dos testes da F1 em Barcelona foi a experiência com a nova versão do motor Renault, que recebe sua primeira grande atualização do ano. Mas foi só nesta quarta-feira (25), dias antes do GP de Mônaco, que os franceses encerraram as dúvidas e decidiram pelo uso da especificação atualizada.
 
A atualização não será para todos, todavia. Renault e Red Bull, únicas a usarem o motor francês, vão receber cada apenas uma nova especificação. Já está decidido que Kevin Magnussen e Daniel Ricciardo vão ser agraciados com a novidade.
Kevin Magnussen e Daniel Ricciardo, os escolhidos (Foto: Getty Images)
A atualização enche as duas equipes de esperança. Kevin Magnussen mostrou otimismo depois do teste em Barcelona, apesar de ainda não ter certeza sobre o real desempenho. Isso levou a Red Bull a apoiar a confirmação da atualização, mesmo sem ter voz na decisão.
 
A ideia original da Renault era confirmar a atualização apenas no GP do Canadá, circuito muito mais propício para testes de potência. Lá os franceses poderiam contar com quatro unidades, uma para cada piloto. Mas a promessa de ganho de 0s5 por volta era tentadora demais para ficar esperando.
 
O GP de Mônaco será neste domingo (29), mas a agenda especial do principado tem realização de treinos livres já nesta quinta-feira.
PADDOCK GP #30 DEBATE INDY, F-E E MOTOGP