Renault destaca avanço no desenvolvimento dos novos motores V6 e fala em renovar com Williams

Rob White, diretor da Renault Sport, afirmou que a montadora francesa avançou no trabalho dos propulsores que empurrarão a F1 a partir do Mundial de 2014. O dirigente planeja testes em ritmo de corrida para o ano que vem

Os pilotos e equipes da F1 estão em período de recesso após 11 provas da temporada 2012, mas as fabricantes de motor já estão com o planejamento direcionado para daqui a um ano e meio, quando a categoria terá o início de uma nova era com a volta dos motores turbo V6 de 1,6 L em substituição aos atuais propulsores V8 aspirados.

Ainda pairam muitas dúvidas sobre quais serão as montadoras que vão desenvolver os novos motores da F1. É certo que Ferrari, Mercedes e Renault vão seguir no grid da categoria, mas o mesmo não se pode dizer da Cosworth, que atualmente equipa as nanicas Marussia e a HRT, e a Pure, de Craig Pollock, que surgiu com a proposta de fazer um motor ‘ecológico’, mas sucumbiu antes mesmo de ir à pista.

A Renault está em fase avançada de desenvolvimento dos motores turbo V6 (Foto: Renault Sport)

Dentre as três montadoras garantidas como fornecedoras de motor para 2014, a Renault é a que parece mais avançada. Palavras de Rob White, diretor da montadora. Em reportagem veiculada pela revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, o engenheiro revelou que a programação visando a nova era da F1 está dentro do previsto.

“Testamos um V6, e o programa está seguindo mais ou menos aquilo que era previsto”, comentou White, animado com as próximas fases do desenvolvimento do novo motor. “Nossa intenção é fazer testes de corrida em 2013”.

O dirigente da Renault Sport também falou sobre a intenção de seguir como fornecedora de motor da Williams, mantendo um casamento que foi vitorioso nos anos 90 e que voltou em 2012. “Isso é o que nós gostaríamos. A Renault decidiu seguir na F1 por muito tempo, e as negociações [com a Williams] já estão em curso”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube