Ricciardo comemora terceiro pódio seguido na temporada e projeta corrida “mais desafiadora do resto do ano” na Itália

Daniel Ricciardo largou em quinto e soube se aproveitar dos problemas de seus adversários na largada. Arrancou para o segundo posto e lá ficou sem correr muitos riscos. O GP da Bélgica marcou o terceiro pódio seguido para Ricciardo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

É complicado saber se a estratégia de Daniel Ricciardo para o GP da Bélgica deste domingo (28) foi melhor que a de Max Verstappen. Claro que, olhando o resultado final, parece óbvio que sim, mas Verstappen andou muito mal, bateu algumas vezes e teve todo seu plano comprometido. Daniel, sólido, foi segundo colocado com todos os méritos possíveis.

 
No sábado, depois de fazer o quinto tempo na classificação, Ricciardo comemorava a posição e dizia que, a despeito de estar três posições atrás do companheiro, a distância se justificava com estratégias. Acontece que as duas Ferrari, que largavam imediatamente à sua frente, se acertaram na largada e acabaram afetando Max. Ricciardo tomou conta do segundo lugar e jamais correu riscos mesmo quando Lewis Hamilton se aproximou.
 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});
(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Assim, Ricciardo chega a seu terceiro pódio consecutivo – P3 na Hungria, P2 na Alemanha e Bélgica – e quinta corrida consecutiva no top-5. O momento de baixa na temporada se foi, bem como o papo de que não conseguia resistir a Verstappen.

 
"Três pódios seguidos, então definitivamente estamos melhorando. Nosso ritmo não foi ruim e conseguimos nos segurar muito bem", disse.
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images)

As expectativas para o GP da Itália são piores, porém. "Monza provavelmente será o circuito mais desafiador para nós em todo o resto da temporada, mas depois teremos Cingapura e Suzuka", concluiu.

Sobre a corrida, completou. "Encaramos alguns destroços de danos no começo, mas a bandeira vermelha permitiu que reparássemos. Nico era rápido demais, então nossa corrida era manter Lewis atrás. E fizemos isso, então nos deu a sensação de uma vitória hoje".

 
Com 151 pontos no campeonato, Ricciardo está folgado na terceira colocação, seguido de longe pelos 128 tentos de Sebastian Vettel. Restam agora oito etapas no calendário da F1 em 2016. A próxima parada é na velocidade implacável de Monza, em 4 de setembro. Hamilton venceu lá nas últimas duas temporadas.
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube