Ricciardo revela que saída da Renault “não foi tão clara” como na Red Bull

Daniel Ricciardo afirmou que "só o tempo irá dizer" se acertou ao trocar a Renault pela McLaren para a temporada 2021

O período sem corridas da Fórmula 1 foi suficiente para movimentar o mercado de pilotos para 2021, e um deles foi Daniel Ricciardo. O australiano anunciou saída da Renault com apenas 21 corridas para disputar o campeonato do ano que vem pela McLaren.

Em entrevista ao podcast F1 Nation, Daniel citou que a nova troca de equipe não foi tão clara quanto 2018, quando o australiano anunciou saída da Red Bull para assinar com a Renault.

“O tempo vai dizer. Para ser sincero, não foi apenas um fator decisivo. Foi certamente diferente da situação da Red Bull. Acho que a jornada tinha se encerrado para mim. Estive lá por muito tempo, tentamos, tentamos, vencemos corridas, mas não o campeonato. Então pensei que precisava de uma mudança”, comentou

Daniel Ricciardo tem sete vitórias na F1 (Foto: Renault)

“Mas sim (com a Renault), eu não diria que foi tão claro quanto. Não alcançamos o que queríamos no ano passado, mas igualmente, eu não pensava em vencer. Eu não sei, é difícil. Não foi tranquilo decidir e apenas o tempo irá dizer”, seguiu o piloto, que somou 54 pontos e fechou o campeonato de 2019 na nona posição.

Ricciardo também explicou que o salto da McLaren, que fechou a última temporada em quarto no Mundial de Construtores, foi convincente para tomar a decisão, especialmente pelo potencial que o time de Woking apresenta para o futuro.

Paddockast #66 | Os pilotos mais superestimados da história da F1
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

“Se olharmos pelo ano passado, foi o time (McLaren) que fez mais barulho. A Mercedes venceu o campeonato novamente, mas provavelmente ficou claro para a maioria que a McLaren foi a equipe que deu o maior passo, então isso foi obviamente encorajador para eles, e então isso é tudo o que você pode basear. E então o passo para o futuro. Obviamente eles estão trocando motores e tudo mais. Então, sim, acho que há um pouco do que eles estão entusiasmados por enquanto”, citou.

A notícia da transferência de Ricciardo surpreendeu por conta do pouco tempo que esteve na Renault para tomar a decisão. O piloto se justificou, baseando-se nas movimentações da Ferrari, que anunciou a saída de Sebastian Vettel e a chegada de Carlos Sainz.

“Acho que a notícia do Vettel com a Ferrari iniciou tudo. As coisas foram acontecendo muito rápido ao redor do Carlos e tudo mais. Apesar de parecer que tinha tempo, eu não acho que tinha para fazer este movimento”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube