Ricciardo critica comissários da FIA e se enfurece com punição no grid em GP de casa: “É uma merda”

Daniel Ricciardo se mostrou irritado com os comissários da FIA, que o puniram por uma infração durante o TL2. O piloto vai perder três posições no grid de largada de seu GP caseiro e não pouco os homens que regem o esporte: “Faltou senso comum”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Daniel Ricciardo não poupou os comissários de prova pela punição que tomou nesta sexta-feira (23), quando não reduziu a velocidade do carro o suficiente durante a bandeira vermelha. Por conta do incidente, o australiano vai perder três posições no grid de largada do GP da Austrália e disse que os homens da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) não usaram um "senso comum" para tomar a decisão.

 
Muito embora os comissários tenham tido conhecimento de que o piloto da Red Bull "desacelerou significantemente" o carro e "prosseguiu com os devidos cuidados" quando a bandeira vermelha foi mostrada durante o segundo treino livre devido a um contratempo com um cabo da cronometragem, Ricciardo não se manteve dentro do tempo mínimo estabelecido pela FIA nos dois últimos setores do circuito.
 
Daí a punição, que, na opinião, da equipe austríaca foi severa demais. "Há outras punições que eles podem usar. Eles poderiam ter me dado uma advertência ou uma multa, ou qualquer outra coisa. Agora dar uma punição no grid antes da temporada começar é uma merda", afirmou o australiano à Sky Sports.
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"Eu reduzi a velocidade. Eu sabia que havia a bandeira vermelha, a questão é que não reduzi o suficiente. Quando eu fui à sala dos comissários ontem, eu disse que havia desobedecido uma regra, mas que há também algumas diretrizes para essas coisas e uma delas é a punição no grid, mas em alguns casos deveria haver um senso comum", completou.

 
Chefe da Red Bull, Christian Horner também falou sobre o caso e não escondeu a frustração com a decisão dos comissários, uma vez que a Red Bull se mostrou forte na briga com a Mercedes e a Ferrari, e é uma candidata também à pole. 
 
"É tremendamente frustrante. E acho que eles nem queriam ter dado a punição que deram. E é muito complicado para nós entender e explicar isso para os fãs", falou o inglês, que, em seguida, revelou que Ricciardo ficou enfurecido com a punição.
 
"Nunca o vi tão irritado."
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube