Ricciardo critica grid invertido na Fórmula 1: “Tornaria as coisas uma bagunça”

Daniel Ricciardo não gostou da proposta de um grid invertido na Fórmula 1. O australiano não vê o assunto como uma prioridade da categoria

Daniel Ricciardo foi um piloto que se mostrou contra a ideia de adotar grid invertido na Fórmula 1. O piloto afirmou que o projeto não é uma prioridade no momento e não vê como algo positivo.

A categoria anunciou o planejamento da inversão das posições no final de maio. A proposta era para que a classificação na Áustria e Inglaterra fosse substituída com uma corrida ‘sprint’ com alinhamento definido pela ordem inversa da tabela do campeonato.

“Não é nossa primeira prioridade na lista de coisas a mudar no esporte. Posso ver como alguns fãs ficariam ‘pode ser ótimo ver os caras rápidos tentando subir no grid’ e tudo mais. Vejo esse ponto de vista”, disse ao site oficial da F1.

Ricciardo se mostrou contra o grid invertido (Foto: Renault)

“Mas não sei, posso ver muitos cenários de que não funcionária e tornaria as coisas meio bagunçadas. Posso ver como alguém preso no sofá – como estou agora – que pode ser animador”, continuou o australiano.

“Mas vejo de um ponto de vista purista e de corrida real, não sei se precisamos ir neste ponto no momento”, fechou o futuro piloto da McLaren.

Ricciardo não foi o único a se opor a ideia do grid invertido. Mercedes e Racing Point também se mostraram contrárias à proposta, com Toto Wolff elencando três motivos para barrar o planejamento. Já a Red Bull apoiou o projeto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube